Melania Trump deixa Casa Branca com sorriso e bota de R$ 265 mil

A esposa do ex-presidente dos EUA, Melania Trump, vestiu trajes de grifes em sua saída da Casa Branca nesta quarta-feira (20). A ex-primeira dama também sorriu e acenou para as câmeras, o que surpreendeu os internautas.

Esta quarta-feira (20) foi o dia de Donald Trump e sua esposa Melania Trump deixarem a Casa Branca em Washington. Com a posse de Joe Biden, eleito o novo presidente dos Estados Unidos, a família de Trump embarcou para a Flórida com destino para um resort em Mar-a-Lago.

Nos últimos momentos antes de Donald e Melania Trump embarcarem, a ex-primeira dama distribuiu sorrisos ao deixar a capital. Na web, internautas comentaram sobre o comportamento e brincaram ao dizer que agora ela pediria o divórcio de Trump. “O sorriso da Melania representa a sensação de todos nós vendo Trump sair da casa branca”, escreveu um usuário do Twitter.

Imagem mostra Donald Trump e Melania Trump na despedida da Casa Branca
(Créditos: BBC News/Twitter/Reprodução)

O look discreto, porém caríssimo de Melania Trump

Melania Trump estava vestida toda de preto em sua despedida de Washington, que aconteceu na base área Conjunta Andrews. Segundo o New York Post, a ex-primeira dama não vestiu marcas nortes-americanas. Ela optou por grifes internacionais como uma jaqueta da Chanel, vestido da Dolce & Gabbana e saltos altos da Louboutin.

Apesar dos trajes luxuosos, o que se destacou foi a bolsa da marca Hermès, avaliada em mais de US$ 50.000, cerca de R$ 265 mil na cotação atual.

Diferentemente da maioria das vezes que esteve ao lado do marido, Melania Trump fez um breve discurso antes de deixar a capital dos EUA. “Ser a primeira-dama foi minha maior honra. Obrigada por todo amor e apoio. Vocês estarão em meus pensamentos e orações. Deus abençoe a todos vocês, Deus abençoe suas famílias e Deus abençoe essa linda nação”, afirmou.

- PUBLICIDADE -

Leia também

Covid-19: hospitais particulares de São Paulo tem fila de…

Primeiros casos da gripe aviária H5N8 são reportados na…

Quebra de Protocolo

Donald Trump (Republicanos) e Melania decidiram não participar da posse de Joe Biden (Democratas), que acontece na tarde desta quarta-feira (20). A decisão não foi surpreendente, já a corrida eleitoral disputada no ano passado foi marcada por conflitos e troca de ofensas entre os candidatos de partidos ideológicos opostos.

Entretanto, a decisão de não comparecer na posse do sucessor foi uma quebra de protocolo que deverá entrar para os livros de história. Trump é primeiro presidente dos EUA em mais de 150 anos a faltar na cerimônia. A última vez que isso aconteceu foi em 1869, quando Andrew Johnson  deixou a Casa Branca antes da chegada de seu adversário na Guerra Civil, Ulysses S. Grant.

- PUBLICIDADE -

O que Donald Trump disse em sua despedida?

Em seu discurso antes de deixar a Casa Branca, Trump afirmou que governar o país “foi a maior honra da vida”.  O 45º presidente dos EUA também disse que voltará “de algum jeito”, mesmo com dois impeachments em andamento pelo Congresso. Atualmente, Trump também é réu em processos judiciais em dez acusações diferentes.

As últimas palavras de Trump como presidente, também foram para exaltar o próprio governo. Segundo ele “o futuro do país nunca foi melhor” já que seu governo “estabeleceu o alicerce para isso acontecer”. “Desejo muita sorte e sucesso ao novo governo. Acredito que eles terão [sucesso] porque estabelecemos o alicerce para isso acontecer.

Colocamos o governo em uma posição jamais vista a despeito da grande peste que atacou o mundo. Não teria conseguido sem vocês”, acrescentou, ao se dirigir aos seus apoiadores.

Donald e Melania Trump

Decisão foi questionada por assessores de ex-presidente (Foto: Reprodução Instagram @realdonaldtrump)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes