Florais de Bach: saiba como funcionam as gotas que aliviam aflições emocionais

Reconhecidos pela OMS e ofertados pelo SUS, os Florais de Bach são essências extraídas de plantas que tratam questões emocionais e mentais.

No início da década de 30, Edward Bach se dedicou a estudar o poder das plantas, inspirado pelas tradições homeopáticas. Depois de abandonar sua clínica e viajar pelo interior da Inglaterra para pesquisar, o médico inglês desenvolveu os Florais de Bach, essências extraídas da natureza que atuam sobre o nosso estado emocional. A terapia floral atua no sentido de amenizar nossas aflições emocionais. Sendo assim, ela pode aliviar sentimentos relacionados a medos, culpa, raiva, desesperança, ansiedade e tristeza, por exemplo.

Os Florais de Bach são reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e também pelo Ministério da Saúde do Brasil como uma Prática Integrativa e Complementar (PIC), sendo, inclusive, ofertada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ao todo, são 38 essências que agem sobre questões diferentes, divididas em sete grupos: medo, desinteresse, insegurança, solidão, hipersensibilidade às influências externas, desespero e preocupação excessiva.

Segundo a terapeuta floral Ana Costa, os florais podem ser misturados para obter resultados mais específicos dentro de cada grupo. “Muitas vezes, nossas emoções estão ligadas umas às outras. Por isso, podemos usar até seis florais diferentes de uma só vez. Mas é bom ter foco e tentar especificar o máximo possível, usando aqueles que atuam sobre as ramificações de um mesmo sentimento”, diz. Por exemplo: o Cerato atua sobre a falta de autoconfiança e pode ser misturado ao Crab Apple, que atua sobre sentimentos de autorrejeição. A terapeuta explica: “Juntos, eles vão promover a autoaceitação e fazer com que a pessoa tenha mais confiança em si mesma”.

Essências florais
Florais de Bach. Foto: Pixabay

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Como usar os Florais de Bach

Em primeiro lugar, é importante lembrar que nenhum tratamento alternativo substitui as orientações médicas. Os Florais de Bach são preparados em farmácias de manipulação e, por serem muito diluídos, são seguros e têm efeito sutil. “As essências trabalham com as emoções contrárias às que estamos sentindo. Por exemplo, quem tem medo vai tomar as que estimulam a coragem, quem tem ansiedade vai usar as que promovem relaxamento e assim por diante”, explica Ana. Segundo ela, o ideal é que um terapeuta avalie o estado emocional para indicar as melhores combinações. “No entanto, caso não seja possível passar por uma consulta, a partir de um breve estudo sobre os efeitos de cada floral, cada pessoa pode criar sua própria fórmula de forma individualizada. Para identificar quais são as questões pessoais que precisam ser tratadas, a auto-observação é o caminho”, avalia.

No mercado, é possível encontrar algumas fórmulas florais já prontas e indicadas para queixas comuns. A Rescue, por exemplo, atua no alívio do estresse quando passamos por situações de tensão. Os Florais não são considerados medicamentos e, por isso, não exigem receita. Ana explica como tomar: “É só diluir quatro gotas em um copo d’água ou, então, coloca-las diretamente sob a língua. Faça isso três ou quatro vezes todos os dias e, dentro de algumas semanas, já poderá sentir mudanças significativas no estado emocional”.

Florais de Bach
As 38 essências de Bach. Foto: Bruno Germany

Conheça as 38 essências do Dr. Bach

Cada um dos 38 Florais de Bach atua sobre um sentimento ou uma emoção específica. O médico inglês especificou para que servem as essências. Confira:

Agrimony – medo da solidão

Aspen – medos incompreendidos ou de coisas desconhecidas

Beech – dificuldade de aceitar os próprios erros, rigidez, intolerância

Centaury – dificuldade em dizer não e impor suas ideias

Cerato – falta de autoconfiança

Cherry Plum – medo de perder o controle sobre seus pensamentos e ações

Chestnut Bud – dificuldade de aprender com os próprios erros

Chicory – possessividade e egoísmo

Clematis – dificuldade de concentração no presente

Crab Apple – auto-rejeição e auto-desaprovação

Elm – sobrecarga por excesso de responsabilidade

Gentian – desânimo frente às dificuldades

Gorse – desespero e pessimismo

Heather – personalidade egoísta

Holly – raiva, ódio, inveja e ciúme

Honeysuckle – apego ao passado

Hornbean – cansaço e exaustão mental

Impatiens – impaciência

Larch – insegurança, sentimento de inferioridade

Mimulus – medo de situações cotidianas, timidez

Mustard – tristeza profunda, depressão

Oak – esforço além da capacidade, persistência exagerada

Olive – esgotamento mental

Pine – culpa

Red Chestnut – preocupação excessiva com o outro, superproteção

Rock Rose – terror, medo paralisante

Rock Water – perfeccionismo, auto-negação

Scleranthus – indecisão, incapacidade de fazer escolhas

Star of Bethelem – traumas físicos, emocionais e espirituais

Sweet Chestnut – angústia

Vervain – excesso de autoconfiança e entusiasmo

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes