Oração para abrir os caminhos fechados e ter paz

Acontece a todos nós em algum momento nos sentirmos presos em algum estágio ou em algum lugar, como se não pudéssemos continuar ou não tivéssemos a motivação inicial para começar. Para acabar com esses sentimentos de frustração, neste artigo oferecemos a oração para abrir os caminhos fechados.

Nem sempre podemos ver adiante em tudo que Deus está fazendo. Podemos nem sempre entender Seus caminhos ou tempo, mas podemos ter certeza disso: ele está trabalhando.

+ Reze o Salmo 91 pela manhã para receber graças e bênçãos

Melhor oração para abrir os caminhos fechados

Senhor, peço que abra meus caminhos no amor aqui e agora, para que todas as coisas boas venham até mim. Eu também peço a abertura dos meus caminhos com dinheiro, para que nunca falte na minha vida ou na minha casa. Imploro que meus caminhos sejam abertos para ter sempre um emprego e prosperidade no emprego.

Energias que formam o todo, peço que abram meus caminhos para que a paz abunde em minha vida. Abra meus caminhos para a abundância e que nunca me falte alimento em minha vida.

Senhor, que essas estradas abertas tragam sorte à minha vida para que tudo corra bem para mim. Abro meus caminhos em tranquilidade aqui e agora.

Abra todos os meus caminhos para que eu possa alcançar meus objetivos, sonhos e objetivos.

Ao recitar esta oração, imploro que caminhos  para uma nova etapa da minha vida. Deixe que a vontade do altíssimo seja feita . Guardiões dos fios que movem minha vida e o futuro do que está por vir. Que assim seja. Amém.

Oração abre caminhos para o dinheiro

Meu Divino Senhor Jesus Cristo;

Hoje eu agradeço por toda a gentileza que o senhor me dá todos os dias,

E peço desculpas por ser um homem insatisfeito e falho;

Hoje, peço que me ajudem com as ferramentas que preciso para prosperar,

Ajuda-me a trabalhar, a ser forte, a saber resistir à rejeição,

Mas acima de tudo, ajuda-me a ser constante e determinado.

E que seja tua vontade

Amém.

Salmos 144 para abrir caminhos

Bendito seja o SENHOR, minha rocha, que ensina as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra;

Benignidade minha e fortaleza minha; alto retiro meu e meu libertador és tu; escudo meu, em quem eu confio, e que me sujeita o meu povo.

Senhor, que é o homem, para que o conheças, e o filho do homem, para que o estimes?

O homem é semelhante à vaidade; os seus dias são como a sombra que passa.

Abaixa, ó Senhor, os teus céus, e desce; toca os montes, e fumegarão.

Vibra os teus raios e dissipa-os; envia as tuas flechas, e desbarata-os.

Estende as tuas mãos desde o alto; livra-me, e arrebata-me das muitas águas e das mãos dos filhos estranhos,

Cuja boca fala vaidade, e a sua mão direita é a destra de falsidade.

A ti, ó Deus, cantarei um cântico novo; com o saltério e instrumento de dez cordas te cantarei louvores;

A ti, que dás a salvação aos reis, e que livras a Davi, teu servo, da espada maligna.

Livra-me, e tira-me das mãos dos filhos estranhos, cuja boca fala vaidade, e a sua mão direita é a destra de iniqüidade,

Para que nossos filhos sejam como plantas crescidas na sua mocidade; para que as nossas filhas sejam como pedras de esquina lavradas à moda de palácio;

Para que as nossas despensas se encham de todo provimento; para que os nossos rebanhos produzam a milhares e a dezenas de milhares nas nossas ruas.

Para que os nossos bois sejam fortes para o trabalho; para que não haja nem assaltos, nem saídas, nem gritos nas nossas ruas.

Bem-aventurado o povo ao qual assim acontece; bem-aventurado é o povo cujo Deus é o Senhor.

Você pode gostar também