Quais são os documentos necessários para trabalhar? Anote

Dados pessoais são importantes na hora de firmar um contrato. RG e CPF e carteira de trabalho são documentos necessários para trabalhar.

Os documentos pessoais para contratação são importantes para estabelecer o vínculo empregatício. Além disso, a apresentação de tais dados garantem os direitos trabalhistas, previstos na CLT.

Além da Carteira de Trabalho, digital ou física, o título de eleitor, RG, CPF e comprovante de residência são documentos necessários para trabalhar. Tais documentos serão usados pela empresa para o cumprimento de obrigações trabalhistas, como contribuição previdenciária.

Contudo, antes de assinar o contrato, esteja ciente de todas as obrigações estabelecidas. Sendo assim, atente-se para jornada de trabalho e remuneração, mas também valores e princípios da empresa.

Documentos necessários para trabalhar

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Como já dito, os documentos pessoais são importantes para a garantia dos direitos trabalhistas para o empregado. Sendo assim, os principais solicitados são:

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS;
  • Cópia do RG e do CPF;
  • Título de eleitor, quando maior de 18 anos;
  • Comprovante de residência, geralmente somente a cópia. Nesse caso, pode ser conta de água, luz ou telefone em nome do empregado ou integrante da família;
  • Número do PIS/Pasep;
  • Comprovante de escolaridade. Contudo, somente para estágio e jovem aprendiz;
  • Registro profissional – se for obrigatório pela categoria;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Certificado de alistamento militar ou reservista. Isso para homens entre 18 e 45 anos;
  • Foto  3×4;
  • Cópia da Carteira Nacional de Habilitação – CNH, se for uma exigência para a vaga de emprego. Ou seja, para motoristas, motociclistas em qualquer atividade.

Estágio

O estágio é a modalidade de trabalho para jovens que estão na ensino superior. Sendo assim, é a oportunidade de entrar no mercado de trabalho e adquirir experiência na área do curso universitário. Além disso, obrigatório para a maioria dos cursos, pelo Ministério da Educação (MEC).

A contratação pelo regime de estágio está prevista pela Lei nº 11.788, a Lei do Estágio. Ela determina diferenças entre as obrigações trabalhistas de um estagiário e um contratado sob regime CLT. Como por exemplo, jornada de trabalho de até 30 horas semanais e folgas em feriados. Contudo, não garante férias remuneradas, 13º salário e contribuição para o INSS.

Sabendo disso, os documentos necessários para trabalhar como estagiário são:

  • RG e CPF;
  • Declaração de matrícula;
  • Carteira de Trabalho – solicitação de algumas empresas;
  • Termo de Compromisso de Estágio (TCE);

Por sua vez, o último item, o TCE, é o documento que especifica a jornada de trabalho do estudante, bem como o valor da bolsa e do vale transporte. Além disso, o objetivo do estágios, as atividade, definição de horários, período de vigência do contrato; concessão de recesso e os motivos de rescisão. Mas também, possíveis concessões de benefícios.

Jovem Aprendiz

O Jovem Aprendiz é um programa de ingresso no mercado de trabalho para jovens. Contudo, diferente da modalidade de estágio.

Para ser jovem aprendiz, a pessoa deve ter de 14 a 24 anos. Além disso, há a obrigatoriedade de preencher carteira de trabalho, o que não precisa no estágio, para firmar o vínculo empregatício.

Sendo assim, os documentos necessários para trabalhar como Jovem Aprendiz são:

  • RG e CPF do jovem;
  • CPF do responsável legal, pai ou mãe. Contudo, somente para contratação de jovens menores de 18 anos;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de residência;
  • Atestado de frequência escolar;
  • Certificado de conclusão do Ensino Médio, se houver.

Leia também

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes