IGP-M acumulado atinge 24,25% em 12 meses, diz FGV

O IGP-M é a taxa de parâmetro para reajuste de contratos, como aluguéis, planos de saúde e serviços de educação. Calculado pela FGV.

O IGP-M, Índice Geral de Preços – Mercado, subiu para 3,05% em seguda prévia de novembro. Isso porque o índice teve influência da alta dos preços de produtos no atacado. Os dados foram divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quarta-feira (18).

Sendo assim, o IGP-M acumula a taxa de inflação de 24,25% em 12 meses, ou seja, o valor maior que a projeção do mês anterior. A taxa acumulada na segunda prévia de outubro era de 20,56%, quando a inflação atingiu 2,92%.

Além disso, a alta da taxa de outubro para novembro ocorreu pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), com registro da taxa de 3,98% em novembro. Ou seja, o valor é superior aos 3,75% de outubro.

Contudo, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC)  teve queda na taxa de inflação, ao passar de 0,71% na prévia de outubro para 0,51% na prévia de novembro. A inflação do Índice Nacional de Custo da Construção também registrou taxa inferior ao mês de outubro, com 1,38% em novembro.

O que é o IGP-M?

O Índice Geral de Preços – Mercado é a taxa de referência para a correção de valores de contratos, como por exemplo aluguéis de imóveis, educação e planos de saúde. Também, utilizado por empresas de telefonia e energia elétricas para reajustes de tarifas anuais.

Sendo assim, o IGP-M tem influência da cotação do dólar, além das cotações internacionais de produtos primários, ou seja, commodities e metais.

Além disso, o IGP-M reúne outros índices que servem de base para diversos setores da economia. Dessa forma, integra o Índice de Preços ao Produtos Amplo (IPA) para matérias-primas brutas, ou seja, as commodities, O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) em relação aos produtos, observando as taxas da inflação. Mas também, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) que serve de base para a construção civil.

Por fim, o IGP-M tem cálculo mensal pela Fundação Getúlio Vargas (FGV),

 

Leia também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes