Auxílio-Doença: saiba como consultar a aprovação do benefício

A consulta do auxílio-doença é online pelo portal ou aplicativo Meu INSS. Para isso, o solicitante deve acompanhar o processo de análise.

A consulta do Auxílio-Doença, assim como o acompanhamento da solicitação do benefício, pode ser realizado online. A plataforma Meu INSS possibilita analisar os passos e documentos necessários, mas também aprovação do auxílio-doença.

Sendo assim, pelo site ou aplicativo, disponível para celulares Android e iOS.

Consulta ao Auxílio-Doença

Para consultar a aprovação ou reprovação do auxílio-doença, basta acessar os canais de atendimento do Meu INSS. Ou seja, site (meu.inss.gov.br) ou aplicativo.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dessa forma, siga os seguintes passos:

  • Se já possui cadastro na plataforma Meu INSS, clique em “Entrar”. Em seguida, insira o CPF ou outro dados utilizado para realização do cadastro
  • Caso não tenha acesso anterior à plataforma, crie o seu cadastro em “Inscrever no INSS” ou “Cadastrar senha”. Depois disso, insira dados como número do CPF e da Carteira de Trabalho.
  • Com o acesso plataforma, o trabalhador solicitante do auxílio-doença pode verificar informações de destaque. Sendo assim, para receber a resultado da análise do benefício, desça a página da web e clique na opção “Resultado do benefício por incapacidade”. 
  • Depois disso, pode-se verificar o número, o tipo de benefício e a situação da solicitação.

Além disso, o trabalhador encontrará a seção “Decisão”. Nessa parte, há duas opções sobre a aprovação ou não da liberação do auxílio-doença.

Sendo assim, a notificação “Deferimento do pedido” significa que o benefício foi aceito. Já se aparecer “Indeferimento do pedido”, o resultado é a negação da concessão do auxílio trabalhista. Contudo, pode-se recorrer a decisão do INSS.

Por fim, o solicitante pode fazer o download em PDF da solicitação e resultado. Nesse documento deve conter nome completo, NIT, número de requerimento, endereço residencial e outras informações pessoais.

Como recorrer ao pedido do auxílio-doença negado?

Após a perícia médica e recusa do benefício, o beneficiário pode recorrer a decisão até 30 dias, após o resultado do exame pericial. Isso porque o cidadão tem direito a revisão da decisão do perito e pode recorrer ao Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS).

Sendo assim, existe algumas maneiras de fazer a contestação. A primeira ocorre no aplicativo ou portal Meu INSS. Já a segunda é o recurso extraordinário. Dessa forma, o solicitante deve acessar a página virtual e pedir recurso.

No caso de solicitação de recurso pelo aplicativo, o INSS tem até 30 dias para apresentar uma solução ao pedido. Depois disso, o trabalhador com direito ao auxílio-doença pode pedir o recurso extraordinário.

Ao realizar a contestação da decisão, o segurado pode enviar uma foto de uma carta relatando os motivos pelos quais ele considera ter ocorrido o erro em sua avaliação sobre o seu direito de receber o benefício.

Auxílio-doença: veja o valor e o tempo de duração do benefício

Segurados podem contestar benefício do INSS negado mesmo após 10 anos

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes