Critérios de desempate na Libertadores de 2022 e fim do ‘gol fora’

Desde 2021 a CONMEBOL adotou novos critérios na Libertadores

Em 2022, os critérios de desempate na Libertadores passaram por algumas mudanças. O “gol fora de casa” como regra de desempate não será mais considerado nas competições da Conmebol; pelo menos não como recurso principal.

Quais são os critérios de desempate na Libertadores em 2022

No regulamento atual da Libertadores, os critérios de desempate são “diferentes” para cada fase. Isso porque existem jogos de mata-mata e também classificatória entre grupos.

Apesar do gol fora de casa não servir mais como critério de desempate principal na competição, o mesmo não foi excluído por definitivo das regras.

Segundo o regulamento da Conmebol, durante a fase de grupos, os quatros critérios principais de desempate são:

1 – saldo de gols;
2 – maior número de gols marcados;
3 – maior número de gols marcados como visitante;
4 – melhor posição no ranking de clubes da Conmebol de 2022

Isso faz com que os gols fora de casa ainda valham alguma coisa, no entanto, será muito difícil de recorrer a esse critério, pois ele é o penúltimo a ser avaliado em caso de igualdade de pontos entre as equipes.

Esse posicionamento faz com que o sistema de sorteio para definir um classificado na fase de grupos seja excluído da lista de critérios de desempate da Libertadores, dando lugar ao critério do ranking de clubes.

O anúncio da mudança do regulamento foi feito em novembro de 2021 pelo presidente Alejandro Domínguez, sob a justificativa de que, assim, haverá maior “justiça no futebol” em suas competições. “A CONMEBOL elimina o “gol fora”. A partir de agora todos os gols dos torneios da CONMEBOL terão o mesmo valor, os gols convertidos como visitantes não serão mais considerados como fator de desempate. Isso visa uma maior justiça esportiva”.

Como funciona a Libertadores?

Para melhor entender quais são os critérios de desempate na Libertadores, é importante compreender como funciona a Libertadores.

A competição é dividida em três fases principais:

– 1ª Fase: Pré-libertadores (mata-mata)
– 2ª Fase: Fase de grupos (classificam-se os dois melhores de cada chave)
– 3ª Fase: Eliminatórias (mata-mata)

A Pré-libertadores é dividida em três fases, onde acontecem 30 jogos ao todo. As equipes que disputam vaga na fase de grupo, nessas rodadas prévias, se enfrentam em confronto direto, aspirando os últimos oito lugares para o chaveamento.

Já na fase de grupos da Copa Libertadores, participam 32 equipes, divididas em oito grupos de quatro times. Eles jogam seis rodadas, com direito a jogos de turno e returno.

Nessa 2ª fase, os dois melhores de cada grupo classificam-se para a fase eliminatória, onde são sorteados para disputar em novo sistema de mata-mata com jogos de ida e volta.

A última parte da Libertadores guia os times vencedores para a fase eliminatória do campeonato: oitavas-de-final, quartas-de-final, semifinal e final. Apenas a decisão acontece em jogo único.

Quem são os maiores campeões da Copa Libertadores?

Quem lidera a lista de maior campeão da Copa Libertadores da América é o time argentino Independiente, acumulando sete troféus em sua história.
O segundo lugar também fica para a Argentina, através do Boca Juniors, com seis títulos ao todo. Quem fecha o pódio é o Peñarol, do Uruguai, com cinco títulos.

Confira os top 5 de times com mais títulos na Libertadores:

Independiente – Argentina: 7 títulos (1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984)
Boca Juniors – Argentina: 6 títulos (1977, 1978, 2000, 2001, 2003 e 2007)
Peñarol – Uruguai: 5 títulos (1960, 1961, 1966, 1982 e 1987)
River Plate – Argentina: 4 títulos (1986, 1996, 2015 e 2018)
Estudiantes – Argentina: 4 títulos (1968, 1969, 1970 e 2009)

Quais países têm mais títulos na Libertadores?

Os times da Argentina, de fato, lideram a lista de clubes com maiores títulos na Copa Libertadores. Mas, o Brasil não fica muito longe dos hermanos no ranking de países com mais troféus na competição.

Quatro títulos de distância. Essa é a diferença entre Argentina e Brasil na Libertadores, enquanto eles acumulam 25 títulos, nós ficamos em segundo lugar no ranking, com 21 troféus.

Confira a lista completa:
Argentina: 25 títulos
Brasil: 21 títulos
Uruguai: 8 títulos
Colômbia: 3 títulos
Paraguai: 3 títulos
Chile: 1 título
Equador: 1 título

Quais times brasileiros têm título na Libertadores?

São Paulo, Palmeiras, Grêmio e Santos são os times brasileiros com mais títulos na Copa Libertadores. Cada um deles têm o tricampeonato.

São Paulo: 3 títulos (1992, 1993 e 2005)
Palmeira: 3 títulos (1999, 2020 e 2021)
Grêmio: 3 títulos (1983, 1995 e 2017)
Santos: 3 títulos (1962, 1963 e 2011)

Mas, Cruzeiro (1976 e 1997), Internacional (2006 e 2010) e Flamengo (1981 e 2019) não ficam muito atrás. Cada um soma dois títulos da Libertadores em sua história.

Também ganharam a Libertadores o Vasco da Gama (1998), o Corinthians (2012) e o Atlético-MG (2013).

Você pode gostar também
buy cialis online