Benefícios do colágeno para a pele e como estimular sua produção 

Para manter a saúde e a beleza do corpo ao longo dos anos, você precisa garantir que ele tenha as quantidades necessárias dessa proteína que, entre outras funções, aumenta a firmeza da pele, rejuvenesce e diminui rugas e flacidez.

Existem incontáveis benefícios do colágeno para o corpo todo. Afinal, ele é essencial para pele, ossos, articulações, tendões e ligamentos. Trata-se, aliás,d a proteína mais abundante do organismo. Além disso, desperta a curiosidade das pessoas por conta de suas principais funções. Entre elas, garante, por exemplo, elasticidade e sustentação dos tecidos. 

De acordo com o dermatologista Abdo Salomão, o colágeno é um glicopeptídeo. Sua síntese ocorre por meio das células que o produzem. Mas, para que cumpra seu papel, passa por reações químicas que o reorganizam em fibras. “No organismo, existem mais de 28 tipos de colágeno. Porém, na pele, se destacam os tipos I e III. Eles dão elasticidade, firmeza, sustentação e parte da hidratação cutânea.” 

Em geral, o corpo consegue manter a síntese e o equilíbrio da substância. No entanto, depois dos 30 anos, essa produção diminui bastante. O processo fica ainda mais lento no caso das mulheres que entram na menopausa. É por isso que tanta gente busca maneiras eficientes de recuperar os benefícios do colágeno. Existem, para tanto, produtos e suplementos, bem como tecnologias e técnicas.

 

Como usufruir dos benefícios do colágeno?

 

Já que a produção natural da proteína reduz com o tempo, a indústria da beleza oferece opções para suprir essa carência. O mercado, dessa forma, está cheio de produtos e tratamentos com benefícios do colágeno. “A variedade não é um ponto negativo em si. Entretanto, existem opções que deveriam apresentar maior base científica. Como resultado, você pode acabar investindo em algo que não funciona de forma adequada.” O alerta é do cirurgião plástico Mário Farinazzo.

Isso ocorre porque as moléculas de colágeno são grandes demais para penetrar na pele e cumprir sua função biológica. Assim, muitos cosméticos contêm ativos que são cofatores na fabricação da substância. É o caso, por exemplo, do silício e da vitamina C. Por consequência, a pele usa esses ingredientes para formar, manter e estimular os benefícios do colágeno. Existem ainda equipamentos e suplementos que ajudam nesse processo. Ou seja, é sempre bom checar com o médico quais são os produtos e tratamentos mais eficazes. 

Confira, então, algumas opções para estimular a produção do colágeno.

 

Cosméticos com ativos como vitamina C

 

“Os cosméticos podem estimular a produção do colágeno e isso ocorre por diferentes vias. A vitamina C, por exemplo, participa de uma reação química que organiza as moléculas em fibrilas. Essa é a forma que tem função na pele. Além disso, outros ativos aumentam a produção ao ativar genes e células que produzem o colágeno”, explica Abdo. 

Você pode escolher, ademais, outros ativos. Como o silício, um cofator da síntese da proteína. Ou, ainda, conquistar os benefícios do colágeno com peptídeos pró-colagênicos. Apesar de ser um nome difícil, eles têm uma função simples. E poderosa. Afinal, são altamente antioxidantes. Assim, têm efeito preenchedor, que deixa a pele mais firme, com menos rugas e marcas de expressão. Por fim, reduzem os efeitos do açúcar que envelhecem a pele.

 

Bioestimulador injetável

 

Esse tipo de produto aumenta a produção natural de colágeno no corpo. “Além disso, é muito seguro”, diz Mário. Há muitas opções de tratamento com esses ativos. Os efeitos e a duração variam conforme a escolha. Alguns, aliás, dão resultado similar ao ácido hialurônico. No caso, preenchem a pele de imediato. Ao mesmo tempo, estimulam a produção de colágeno.

 

Associe técnicas para conquistar os benefícios do colágeno

 

Você sabia que pode otimizar os benefícios do colágeno? Pois é, basta combinar injetáveis ou misturá-los com radiofrequência. Uma novidade, nesse sentido, é associar hidroxiapatita de cálcio com ácido hialurônico. Isso ajuda a manter a pele mais jovem e firme. 

 

Plasma frio 

 

O sistema de plasma de baixa temperatura trata as rugas em poucas sessões. “Assim, traz grande resultado em rugas profundas ao redor da boca e no pescoço”, afirma Abdo. Além disso, melhora a textura e o brilho da pele. O tratamento dura, em média, 20 minutos e requer creme anestésico para diminuir o nível de dor.

 

Suplementos para obter os benefícios do colágeno

 

O uso de suplementos também pode ajudar na formação do colágeno. É o caso, principalmente, de idades mais maduras. Existem muitas soluções que facilitam o dia a dia. Pense em opções como alimentos lácteos e bebidas prontas. Assim como há produtos em pó e barras nutritivas. 

Não existe restrição de consumo, mas o ideal é consultar um médico antes de iniciar qualquer tratamento. Só ele pode avaliar o objetivo e a dosagem correta. A dica vale também se você notar alterações na pele pelo declínio do colágeno. 


Fontes
Abdo Salomão, dermatologista. Mário Farinazzo, cirurgião plástico. 

Você pode gostar também