Creme com vitamina C: saiba o que ele pode fazer por sua pele 

Com ação antioxidante, clareadora, rejuvenescedora, reparadora e protetora, a vitamina C é capaz de prevenir o envelhecimento precoce e outros danos causados na pele por agentes externos como sol e poluição.

Alimentação equilibrada, rica e diversa em nutrientes, é essencial para a saúde do corpo. Além disso, é importante para a beleza da pele. Mas, nesse sentido, você também pode contar com a ajuda do universo dos cosméticos. Então, que tal aprender tudo o que um bom creme com vitamina C pode fazer por você? 

Em primeiro lugar, você sabe por que essa vitamina é tão importante para o skincare? De acordo com o tricologista Lucas Fustinoni, o ativo é um poderoso antioxidante, que ajuda a combater a formação e a ação dos radicais livres. “Tais moléculas danosas figuram entre os principais causadores do envelhecimento da pele. E, ao contrário do que muitos pensam, o processo inicia-se já aos 25 anos. Ou seja, nunca é cedo demais para começar a usar a vitamina C para o rosto.”

 

O que é a vitamina C?

cuidados com a pele
Imagem:reprodução / Pinterest

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Referência nas prescrições médicas, o nutriente, chamado de ácido L-ascórbico, como dissemos, é um composto antioxidante. Entre outras funções, atua na melhora do  sistema imune e da saúde da pele. “Apesar de muitas frutas e verduras contarem com vitamina C, para conquistar benefícios para o rosto você deve usar de forma tópica. Então, precisa apostar em produtos que garantem a estabilidade desse ativo”, afirma Lucas. 

O creme com vitamina C vale para o ano todo, mas você pode reforçar o uso no verão. Isso porque a estação aumenta os danos dos raios ultravioletas e do calor. Assim, você conquista uma pele mais bonita e saudável. Além disso, nos meses mais quentes usamos menos ácidos e substâncias clareadoras sensíveis à luz. Nesse sentido, o ativo é uma ótima opção para tratar manchas nessa época.

 

Benefícios do creme com vitamina C

 

A vitamina C tem diferentes funções para o rosto tanto quanto para a pele do corpo. “O creme com vitamina C possui ação reparadora, por exemplo. Dessa forma, protege a pele contra os estragos da oxidação dos radicais livres. Isso mantém a pele mais jovem.” 

Ademais, o ativo participa da síntese de colágeno, que dá mais firmeza ao tecido cutâneo. Por isso, ameniza rugas e linhas de expressão. Também uniformiza o tom de pele, clareando e prevenindo manchas. Por fim, hidrata e fortalece a barreira de proteção da pele.

 

Como potencializar os benefícios?

creme com vitamina c
Imagem:reprodução / Pinterest

 

Você sabia que pode aumentar as vantagens do creme com vitamina C com a ajuda de outras substâncias? “No caso do tratamento de manchas, por exemplo, pode associar ácido kójico e ácido ferúlico. Contra as rugas, vitamina E e resveratrol podem melhorar ainda mais a produção de colágeno. A combinação de ácido hialurônico com vitamina C, por sua vez, é ideal para garantir alta hidratação.”

 

Como e quando usar creme com vitamina C?

 

Em primeiro lugar, é importante saber que você pode investir em cremes anti-idade e protetor solar com vitamina C. Ou então séruns, que, por serem mais concentrados, penetram mais facilmente na pele. 

“Quanto ao modo de uso, aplique no rosto de uma a duas vezes por dia, de manhã e à noite. Isso vale para todas as épocas do ano. Além disso, saiba que vitaminas C e E antes do filtro solar reforçam a proteção contra os danos da radiação”, completa Lucas.

Você pode começar a usar creme com vitamina C já a partir dos 25 anos, quando ocorre uma queda na produção de antioxidantes. “Assim, você protege a pele contra agressores externos – como sol, calor e poluição – e radicais livres. Além disso, melhora a produção do colágeno.”

 

Quem pode usar?

 

A substância é indicada para todos os tipos de pele. “O que importa, na verdade, é o veículo do produto. Apesar de grande parte dos produtos com vitamina C terem  textura oleosa, existem fórmulas mais leves. É o caso de gel e sérum. Então, se tiver a pele oleosa, opte por esses tipos de produto”, finaliza Lucas.

Fonte: Lucas Fustinoni, médico tricologista.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes