Confira dicas essenciais para tratar o cabelo oleoso 

Se você tem cabelo oleoso precisa aprender quais são os principais cuidados para livrar os fios do aspecto gorduroso causado pelo brilho em excesso.

Quem tem o cabelo oleoso sabe que isso pode causar diversos incômodos. Isso porque, mesmo lavando os fios com frequência, o excesso de óleo deixa um aspecto engordurado e sujo.  Entretanto, é importante lembrar que o sebo não é algo ruim. Pelo contrário, ele é responsável por proteger os fios e o couro cabeludo contra vilões como o sol e a poluição.

“O problema ocorre quando há excesso de óleo. Como resultado, além de prejudicar a beleza, podem surgir condições como dermatite seborreica e queda capilar”. A explicação é do médico tricologista Lucas Fustinoni. Mas fique tranquila! Afinal, você pode controlar a oleosidade dos cabelos com cuidados simples. Confira.

 

Lave o cabelo oleoso na medida certa


Cabelo oleoso
Imagem: reprodução / pinterest

 

Você sabia que não lavar os fios é um dos piores hábitos para quem tem cabelo oleoso? Por outro lado, higienizar demais também é prejudicial. Pois entenda que qualquer extremo estimula a produção de sebo pelas glândulas sebáceas. “Por isso, quem possui cabelo oleoso deve lavar os fios em dias alternados. A exceção são casos de pessoas que transpiram muito ou praticam atividade física. Então, você pode higienizar diariamente”, aconselha Lucas.

 

Evite banhos muito quentes


 

De acordo com o especialista, o ideal é lavar o cabelo com água fria. No máximo, morna. Isso vale, principalmente, para quem sofre com cabelo oleoso. “A água quente tira o óleo natural do couro cabeludo. Por consequência, diminui a camada protetora do tecido. Isso favorece o ressecamento e tem efeito rebote. Ou seja, há aumento da produção de oleosidade pela pele para compensar a agressão.”

 

Cuidado com produtos de hidratação

 

O cabelo oleoso precisa de hidratação. Para isso, use condicionador, máscara e óleos. No entanto, aplique apenas no comprimento e nas pontas.  “Isso porque o couro cabeludo já é mais oleoso. E os produtos favorecem ainda mais a produção de sebo. Como resultado, obstruem os poros e causam condições como foliculite, queda e dermatite.”

 

Evite mexer no cabelo oleoso

Excesso de óleo nos cabelos
Imagem: reprodução / pinterest

 

Muitas pessoas têm a mania de mexer nos cabelos ao longo do dia. Mas o ideal é tocar nos fios apenas para arrumá-los. Afinal, ficar tocando os fios com frequência pode fazer com que sujeiras das mãos passem para os cabelos. E aí você acaba aumentando a oleosidade da região.


 

Escolha o shampoo certo para cabelo oleoso

 

Para controlar a oleosidade dos fios use um shampoo próprio para cabelo oleoso. Além disso, prefira produtos com tensoativos. Tais substâncias se ligam às moléculas de gordura e sujeira e, assim, as removem mais facilmente. “É interessante também utilizar, toda semana, um shampoo antirresíduos. Ele é ideal para remover o acúmulo de produtos como máscara e condicionador. Quando ficam nos fios, mesmo após a lavagem, podem aumentar a oleosidade”, diz o médico. 

No entanto, ele indica usar shampoo a seco, queridinho de quem tem cabelo oleoso, só em último caso. “É uma espécie de talco que ajuda a controlar a oleosidade do couro cabeludo. Mas, por não remover as sujidades, pode gerar resíduos que aumentam a produção de sebo e causam a obstrução dos poros.”

 

Fique atento à alimentação

 

Vitaminas e minerais são essenciais para a saúde do corpo. E dos cabelos também. Enquanto isso, uma dieta cheia de alimentos ricos em açúcar e gordura pode deixar seu cabelo oleoso.

“Dessa forma, para manter os fios livres do excesso de sebo, mantenha uma alimentação balanceada. Inclua frutas, legumes e verduras. O passo ajuda ainda a torná-los mais fortes e favorecer o crescimento. Além disso, aposte em alimentos com vitamina A, como cenoura, abóbora e mamão. O nutriente ajuda a normalizar a produção natural de sebo”, finaliza Lucas.

Fonte: Lucas Fustinoni, médico tricologista. Membro da World Trichology Society.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.