Eleições 2020 SP: pesquisa Datafolha aponta Covas com 48%; Boulos, 35%

A pesquisa revelou que 81% dos eleitores entrevistados estão totalmente decididos de seus votos, e 18% ainda podem mudar

Eleições 2020 – Divulgado nesta quinta-feira (19), a pesquisa Datafolha entrevistou 1.254 eleitores da cidade de São Paulo, entre os dias 17 e 18 de novembro, e aponta que Bruno Covas (PSDB) lidera as intenções de voto, com 48%, contra 35% de Guilherme Boulos (PSOL). Indicaram branco/nulo 13% dos entrevistados, e 4% não sabiam responder. O segundo turno das eleições ocorrerá dia 29 de novembro, das 7h às 17h.

Veja também:

Resultado da pesquisa por segmento

Dentre os eleitores mais jovens, de 16 a 24 anos, Boulos (PSOL) tem mais percentuais, 46%, contra 31% de Covas. Na faixa etária seguinte, de 25 a 34 anos, os candidatos ficam empatados (44% a 38%) se considerada a margem de erro máxima de 3% para mais ou para menos.

No eleitorado com curso superior, empatam novamente, Covas tem 44% e Boulos, 29%. Veja o resultado segmentado para outros grupos socioeconômicos:

  • Eleitores acima de 60 anos: Covas tem 65% e Boulos, 23%;
  • Eleitores menos escolarizados: Covas tem 59% e Boulos, 28%;
  • Eleitores católicos: Covas tem 53% e Boulos, 32%;
  • Eleitores evangélicos: Covas tem 52% e Boulos, 29%.

Distribuição de votos dos candidatos derrotados

Candidatos a prefeito de sp eleições 2020
Foto: reprodução/divulgação

Após o primeiro turno das eleições 2020, alguns dos candidatos que foram derrotados declaram apoio aos que foram para o 2º turno. Como no caso de Jilmar Tatto (PT) e Orlando Silva (PCdoB) que, rapidamente, demonstraram apoio a Guilherme Boulos (PSOL) em suas redes sociais e pessoalmente nas ruas. Já Bruno Covas (PSDB), recebeu o apoio declaro de Celso Russomano (Republicanos), que ficou em 4º lugar na disputa. Outros candidatos não declaram a apoio a nenhum, como Arthur do Val Mamãe Falei (Patriota).

Desta forma, é comum os eleitores dos candidatos derrotados direcionarem seus votos aos aliados. Entretanto, a pesquisa Datafolha revelou algumas divergências nas intenções de voto. Confira:

  • Eleitores de Márcio França (PSB): 38% pretende votar em Covas, e 38% em Boulos;
  • Eleitores de Celso Russomanno (Republicanos): 56% pretende votar em Covas, e 27% em Boulos;
  • Eleitores de Arthur do Val (Patriota): 47% prefere Covas, 15%, Boulos, e 29% votarão em branco/nulo;
  • Eleitores de Jilmar Tatto (PT): 72% pretende votar em Boulos, e 18% em Covas.

Além disso, a pesquisa traz dados que mostram a certeza dos eleitores quanto às decisões sobre em quem votar no segundo turno das eleições 2020. Dos entrevistados que apoiam Bruno Covas (PSDB), 82% estão totalmente decididos, e 18% ainda podem mudar de voto. Já os eleitores que preferem Guilherme Boulos (PSOL), 82% estão totalmente decididos, e 17% podem mudar de decisão.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo”, com a identificação SP-03437/2020 na Justiça Eleitoral. Se considerado a margem de erro máximo de 3 percentuais para mais e menos, Covas está entre 51% e 45% das intenções de voto, e Boulos, entre 38% e 32%.

Veja também: como funciona o segundo turno.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.