Lula ou Bolsonaro? Veja quem está na frente na pesquisa eleitoral 2022

Pesquisa eleitoral para 2022 feito pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) indica que o ex-presidente Lula está na liderança de intenções de votos para as eleições do próximo ano.

O instituto divulgou os resultados na última quinta-feira, dia 30, e analisou o quanto as pessoas analisadas pretendem votar em cada possível candidato para a Presidência da República, no ano que vem.

Dessa forma, o estudo é feito de forma estatística. Consideram faixas que representam, proporcionalmente, a população brasileira. Foram ouvidas mil pessoas, de 16 anos ou mais, em todas as regiões do país, entre os dias 22 e 24 de setembro.

O que diz pesquisa eleitoral para 2022

Dessa forma, no primeiro cenário analisado, o eventual candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) marca 43% pontos. Além disso, na sequência, vem o atual líder do país, Jair Bolsonaro, com 28%. Em seguida, veja os outros números de intenção de votos:

Primeiro cenário

  • Lula (PT) – 43%. Já foi presidente da República.
  • Jair Bolsonaro (sem partido) – 28%. Já foi deputado federal pelo Rio de Janeiro e é o atual presidente do Brasil.
  • Ciro Gomes (PDT)  – 11%. Já foi deputado federal e governador pelo estado do Ceará. Além disso, foi ministro da Integração Nacional no governo Lula e da Fazenda, durante a gestão Itamar Franco.
  • João Doria (PSDB) – 5%. Já foi prefeito de São Paulo e é, atualmente, governador do estado de São Paulo.
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM) – 4%. Já foi deputado federal por Mato Grosso do Sul e ministro da Saúde no governo Bolsonaro.
  • Rodrigo Pacheco (DEM) – 2%. Senador por Minas Gerais e atual presidente do Senado Federal.

Segundo cenário

Além disso, no segundo cenário estudado (com mais candidatos como alternativa), Luiz Inácio Lula da Silva segue como favorito.

Assim, chega a ter 42% de intenções. Em seguida, aparecem Bolsonaro (25%), Ciro (9%), Sergio Moro (7%), Mandetta (3%), José Luiz Datena (3%), Eduardo Leite (3%), Simone Tebet (1%), Rodrigo Pacheco (1%) e Alessandro Vieira (0%).

  • Lula (PT) – 42%
  • Bolsonaro (sem partido) – 25%
  • Ciro (PDT) – 9%
  • Sergio Moro (sem partido) – 7%
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM) – 3%
  • José Luiz Datena (PSL) – 3%
  • Eduardo Leite (PSDB) – 3%
  • Simone Tebet (MDB) – 1%
  • Rodrigo Pacheco (DEM) – 1%
  • Alessandro Vieira (Cidadania) – 0%

Pesquisa eleitoral 2022: segundo turno

Por fim, segundo a pesquisa divulgada pelo Ipespe, a vitória de Lula é projetada contra todos os candidatos analisados.

Assim, contra Bolsonaro, o instituto indica que o petista ganharia por 50% a 31% dos votos. Além disso, contra Moro, seria por 53% a 34%.

Por fim, contra Ciro Gomes, seria de 49% a 30%; contra Eduardo Leite, por 49% a 30% e, contra João Doria, por 50% a 27%.

Vale lembrar que o atual presidente, Bolsonaro, aparece como derrotado se concorresse, eventualmente, contra Ciro (perderia por 45% a 34%); contra Eduardo Leite (por 36% a 33%) e Doria (39% a 35%). No entanto, há a margem de erro estimada de 3,2 pontos percentuais para mais, ou para menos, o que não traria tanta confiabilidade a esse indício.

A última pesquisa feita pelo Ipespe foi em agosto deste ano. Naquele momento, os números foram diferentes. Somente entre os três primeiros no ranking, Lula tinha 40% e Jair Bolsonaro possuía 24%. Por fim, Ciro Gomes tinha 10%.

Vale lembrar que essa pesquisa é feita da forma estimulada. Ou seja, são informados os nomes dos candidatos e a pessoa ouvida escolhe. Entretanto, a etapa espontânea também aponta uma liderança disputada entre Lula e Bolsonaro. Dessa forma, o petista aparece com 30% das intenções, enquanto Bolsonaro tem 23%. Por fim, Ciro aparece com apenas 2%. Enquanto isso, brancos, nulos e indecisos somam 34%.

Lula na pesquisa eleitoral para 2022

Segundo o instituto Ipec, em uma outra pesquisa divulgada em 23 de setembro, o ex-presidente Lula ganharia a eleição em 2022 já no primeiro turno, se fosse realizada hoje.

Além disso, o estudo indicou que a popularidade de Bolsonaro está em baixa. Os números indicam que a desaprovação alcançou 53%. Ou seja, cerca de uma a cada duas pessoas, não aprovam o atual mandante.

Por fim, pesquisa feita em 17 de setembro pelo Datafolha também posicionou Lula na frente da corrida eleitoral, neste momento. No último indicador, ele tinha 46% de respostas estimuladas (no primeiro cenário), enquanto Bolsonaro tinha 26%.

Mostrar comentários (6)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes