Mãe do Bolsonaro recebe segunda dose da vacina do Butantan

Aos 93 anos, Olinda Bolsonaro, mãe do presidente, foi totalmente imunizada com a vacina da CoronaVac. Ela recebeu a segunda dose nesta segunda-feira, 8 de março.

Olinda Bunturi Bolsonaro, de 93 anos, recebeu a segunda dose do imunizante da CoronaVac. A mãe do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi vacinada em sua própria casa, na manhã desta segunda-feira, 8 de março. Ela vive na cidade de Eldorado, localizada no interior de São Paulo.  As informações foram confirmadas pela prefeitura e publicadas pelo portal G1.

Imagem de bolsonaro com sua mãe, olinda bolsonaro
(foto: instagram/reprodução)

A mãe de Bolsonaro recebeu a primeira dose da vacina fabricada pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac, no dia 12 de fevereiro. Agora, após 24 dias, ela recebeu a segunda e última dose do imunizante. No dia 18 de fevereiro, através de uma transmissão ao vivo em suas redes sociais, Bolsonaro comentou sobre a vacinação da mãe, Olinda.

Na ocasião, o presidente mostrou o cartão de imunização da sua mãe, e afirmou que ela tinha recebido a dose da vacina de Oxford/Fiocruz, no entanto, Olinda foi vacinada com a CoronaVac. Mas depois, Bolsonaro voltou atrás e explicou a situação: o enfermeiro que aplicara a vacina em sua mãe havia se confundido, e entregado o comprovado errado.

Resistência com a vacina

Jair Bolsonaro já polemizou com o assunto da vacina, principalmente a CoronaVac, defendida pro João Dória (PSDB-SP), seu maior rival político do momento. Os dois já trocaram diversas farpas em entrevistas coletivas. Bolsonaro chegou a dizer que a vacina não era de nenhum governador, mas sim, do Brasil.

No último dia 5 de fevereiro, Doria respondeu um jornalista na coletiva de imprensa feita no Palácio do Bandeirantes, em que citou a mãe de Bolsonaro e a vacina do Butantan. A declaração foi dada em resposta a uma fala do presidente, do mesmo dia: “Tem idiota que diz ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe”, afirmou Bolsonaro.

João Doria, por sua vez, comentou sobre a declaração do presidente: “Pergunte à sua mãe, presidente Jair Bolsonaro, qual foi a vacina que ela recebeu em seu braço. Pergunte se ela concorda com essa sua observação, com esse seu repto, com essa sua falta de educação, aliás, corriqueira no seu comportamento. Pergunte à sua mãe que vive aqui, no Vale do Ribeira em São Paulo, se ela concorda com esta sua maldade”.

Bolsonaro muda discurso sobre ser vacinado

Imagem mostra o presidente jair bolsonaro
(imagem: reprodução/ sergio lima/afp)

Apesar de ter apoiado a sua mãe a tomar a vacina, Jair Bolsonaro já foi contra a imunização. No entanto, o presidente vem mudando seu discurso nos últimos tempos. Após ter feito criticas à vacina contra a Covid-19 e dizer que não tomaria, Bolsonaro admitiu a possibilidade de se vacinar.

“Eu já tive o vírus vivo, então estou imunizado. Deixa outro tomar a vacina no meu lugar. Lá na frente, lá na frente, depois que todo mundo tomar… Se eu resolver tomar, porque no que depender de mim, é voluntário, eu tomarei”, disse ele, em vídeo publicado por um canal de apoiadores no YouTube no dia 5 de março.

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.