O que aconteceu com Bolsonaro? Entenda a situação do presidente

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passou mal no dia 14 de julho, e foi levado às pressas para o Hospital das Forças Armadas, em Brasília. Mas o que aconteceu com Bolsonaro?

O cirurgião que cuida do presidente desde o atentado ocorrido em 2018, Antônio Macedo, foi chamado para acompanhar o caso.

Ainda durante a manhã, o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, informou pelo Twitter que Bolsonaro estava bem e que iria ficar em observação. Toda a agenda do presidente foi cancelada até a sexta-feira (16).

A Secretaria Especial de Comunicação da Presidência afirmou que Bolsonaro passaria por exames para investigar a causa dos soluços, e que deveria ficar internado em observação entre 24h e 48h.

O presidente vinha apresentando soluços constantes há pelo menos 10 dias, inclusive em público.

 

O que aconteceu com Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro foi diagnosticado com obstrução nasal, e segundo o cirurgião que o acompanha desde a facada, o problema é consequência do atentado.

Depois de realizar os exames, o médico cirurgião decidiu transferir o presidente para São Paulo, onde Bolsonaro pode passar por cirurgia.

Segundo a nota oficial divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência, Jair Bolsonaro ainda vai fazer exames complementares em São Paulo para definição da necessidade ou não da cirurgia.

Muito se especulou nas redes sociais se a causa da internação repentina de Bolsonaro tem relação com a facada levada durante a campanha às eleições de 2018.

Isso porque Bolsonaro compartilhou nas redes sociais um texto agradecendo o apoio e orações recebidas pelos brasileiros, e dizendo que a internação de agora é mais um desafio depois da “tentativa de assassinato” que sofreu de Adélio Bispo durante a campanha ainda em 2018.

Não houve um novo atentado, apenas o compartilhamento dos fatos referentes ao episódio ocorrido na campanha.

O que os médicos estão afirmando é que as dores abdominais sentidas pelo presidente nesta madrugada são consequência da facada que Bolsonaro levou três anos atrás.

Por que Bolsonaro estava com soluço?

Há pouco mais de 10 dias o presidente Jair Bolsonaro vinha se queixando de soluços. As contrações involuntárias no diafragma atrapalhavam até a fala de Bolsonaro.

Em aparições públicas, entrevistas e em sua live na última quinta, Bolsonaro chegou a comentar sobre o incômodo, primeiro dizendo que os soluços começaram depois de um implante dentário.

Na semana passada, durante entrevista a uma rádio no Rio Grande do Sul, o presidente disse que estava soluçando sem parar há cinco dias, e que a causa poderia ser os remédios que ele estava tomando.

Na última live, na quinta-feira (8), Bolsonaro chegou a se desculpar por não conseguir falar muito nem se “expressar adequadamente” por conta dos soluços, foi o que aconteceu com Bolsonaro.

Quantas cirurgias Bolsonaro já fez?

O presidente que está hoje com 66 anos já passou por seis cirurgias desde que sofreu o atentado em 2018, na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais.

Se os exames complementares confirmarem a necessidade de mais uma cirurgia, Jair Bolsonaro vai passar pela sétima operação em três anos.

Onde Jair Bolsonaro está internado?

Jair Bolsonaro foi transferido por volta das 16h30 de Brasília para São Paulo. O presidente foi levado de ambulância do Hospital das Forças Armadas, em Brasília, até a Base Aérea, de onde decolou em uma UTI móvel por volta das 17h30.

Bolsonaro deu entrada no Hospital Vila Nova Star, zona Sul de São Paulo, por volta das 19h30. Ainda não foi divulgado os detalhes sobre o estado de saúde do presidente nem se Bolsonaro deve mesmo passar por cirurgia.

Em entrevista nesta quarta-feira (14), o senador Flávio Bolsonaro (Patriota) disse que o pai foi para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e foi intubado.

“Foi realmente para uma Unidade de Tratamento Intensiva, para ficar ali em observação, com os cuidados melhores. Chegou a ser intubado, sim, para evitar que ele bronco aspirasse o líquido que tava vindo do seu estômago. Isso já havia acontecido em uma das cirurgias passadas que ele fez. Por precaução, apenas, nada de grave”, disse Flávio Bolsonaro.

O presidente já vinha falando desde abril que precisaria passar por uma outra cirurgia por conta da facada de 2018.

Leia também – Veja a lista das 15 cirurgias plásticas realizadas pelo SUS

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes