Chá digestivo: 5 receitas para combater o inchaço e a má digestão 

Ceia de Natal e festa de réveillon são sinônimos de muita comida. Por isso, se acabar exagerando, é bom ter na manga receitas que podem dar uma ajudinha na digestão.

É provável que, na sua casa, as festas de fim de ano estejam um pouco diferentes em 2020. Afinal, por causa do Covid-19, as comemorações acabaram ganhando uma escala menor. Mas isso não significa que as ceias não tenham muita comida na mesa. Por isso, se exagerar na dose ou algo não cair bem, vale apostar no poder do chá digestivo.  

De acordo com a nutricionista Adriana Stavro, diversas ervas são famosas há séculos como plantas medicinais. Elas podem, por exemplo, tratar sintomas de várias doenças, incluindo problemas gástricos. “Essas ervas têm efeito antiespasmódico natural. Ou seja, são ideais para aliviar o inchaço e a tensão no trato digestivo. Assim, beber um chá com essas ervas é uma ótima maneira de usar ingredientes amigáveis ​​para a digestão.”

 

Para que serve o chá digestivo?

chá digestivo
Imagem: reprodução / Pinterest

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Adriana explica que problemas de estômago dificultam o funcionamento do sistema digestivo. Por consequência, podem surgir diferentes desconfortos. “Felizmente, a maioria é fácil de tratar. Muitas pesquisas apontam o chá digestivo como um auxiliar eficiente. Isso porque atua como calmante e ajuda a prevenir a formação de gases. Além disso, facilita a passagem dos alimentos pelo intestino.”

Os melhores ingredientes para o chá digestivo são plantas como o boldo. Ele é usado, principalmente, para desintoxicar o fígado e contribui com a perda de peso. “Mas, em geral, não é consumido diariamente. Tem um sabor muito forte e só é indicado quando necessário. É mais um remédio do que um chá, de fato”, diz Adriana.

 A hortelã-pimenta é outro ingrediente comum para esse tipo de bebida. Enquanto isso, a camomila é calmante e doce. “Reduz os sintomas de refluxo e evita o inchaço e os gases. E já que relaxa, a camomila induz ao bem-estar físico e mental.” 

Ademais, você pode usar o gengibre no chá digestivo. A especiaria trata indigestão, náuseas e vômitos. “Os extratos do gengibre aceleram o esvaziamento gástrico. Ademais, estimulam as contrações antrais gástricas.” 

Por fim, temos ainda o chá verde, rico em antioxidantes e anti-inflamatórios. Diminui a inflamação no estômago, reduzindo cólicas. Também pode auxiliar no trato de colite, uma inflamação que afeta a digestão normal. Para completar, ajuda a secar a barriga, pois aumenta a queima de gordura no fígado.

 

Cuidados e contraindicações 

camomila
Imagem: reprodução / Pinterest

 

O chá digestivo costuma ser seguro para pessoas saudáveis, mas crianças, grávidas e lactantes devem ter cuidado na ingestão. “Algumas ervas podem interagir com medicamentos e, assim, causar efeitos colaterais desagradáveis. Entre eles, diarreia, náusea ou vômito”, revela a nutricionista.

Por isso, o ideal é sempre consultar um médico sobre o consumo de chás. Só ele pode avaliar cada caso.  

 

Receitas de chá digestivo

 

Boldo 

Coloque 1 colher de sopa de folhas de boldo secas ou verdes em 1 xícara (240 ml) de água quente. Cubra, espere esfriar, coe e beba em seguida.

 

Chá verde

Coloque 2 colheres de sopa de folha de chá verde em 2 xícaras (500 ml) de água fervente. Desligue o fogo, tampe a panela e então espere esfriar antes de coar e beber.

 

Gengibre

Ferva 2 colheres de sopa de gengibre fatiado em 2 xícaras (500 ml) de água por 10 minutos. Então, desligue o fogo, tampe a panela e espere esfriar antes de coar e beber o chá digestivo.

 

Hortelã-pimenta

Adicione duas colheres de sopa do ingrediente a um pouco de água fervente. Em seguida, deixe em infusão por cinco minutos antes de coar e beber. Por fim, acrescente gotas de limão ou lascas de  gengibre.

 

Camomila

Em primeiro lugar, ferva 500ml de água. Desligue o fogo. Acrescente, então, 2 colheres de sopa de flores de camomila. Podem ser secas ou frescas. Coloque ½ colher de chá de açafrão moído. Finalize com 1 colher de chá de gengibre ralado e ¼ de colher de chá de canela em pó.  Por fim, deixe em infusão por até cinco minutos. Coe e beba em seguida.

Fonte: Adriana Stavro, nutricionista.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes