Bandeira tarifária pressionará conta de luz até o final do ano

As contas de luz dos brasileiros devem continuar sob pressão das bandeiras tarifárias até o final de 2021. Afinal, as bandeiras tarifárias geram cobranças adicionais para os consumidores quando o custo de geração sobe. Dessa forma, como os reservatórios das hidrelétricas seguem com níveis baixos, o despacho termelétrico mais caro garantirá a oferta de energia. Mas cobra seu preço e quem paga são todos os brasileiros.

 

As projeções dos especialistas para a tarifa de energia

Os especialistas concordam com o cenário crítico e sugerem a volta das bandeiras vermelhas nos próximos meses. Depois da suspensão das bandeiras em 2020 devido ao agravamento da pandemia de covid-19, as bandeiras retornaram. E não saíram mais de cena desde dezembro de 2020. E pior devem permanecer até o final de 2021.

As projeções mais otimistas apontam a manutenção da bandeira amarela ao longo de praticamente todos os meses de 2021. Além disso, alguns especialistas já apontam a possibilidade de bandeira vermelha em maio. Enquanto muitos apostam na bandeira vermelha patamar 1 em julho, agosto e setembro. Os mais pessimistas consideram a possibilidade de mais meses com bandeira vermelha.

As causas são as chuvas fracas nas regiões das principais hidrelétricas do sudeste entre os meses de novembro a abril. Afinal essa época é conhecida como “período úmido” no setor de energia. O menor volume de chuvas, coloca em risco o nível dos reservatórios e amplia o acionamento das termelétricas.

Muitos especialistas vinculam as estiagens às mudanças climáticas. Esse fenômeno deve se intensificar nos próximos anos e tornar eventos extremos como as secas mais frequentes.

 

Confira como são definidas as bandeiras tarifárias e o que impacta no valor da conta de luz

A bandeira pode ficar mais cara

A partir de junho, eventuais acionamentos de bandeiras vermelhas poderão gerar custos ainda maiores. Uma vez que a  Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) está discutindo uma proposta preliminar que aumentaria os valores adicionais gerados pelo mecanismo de bandeiras.

Por essa proposta, que está em consulta pública até meados de maio:

  1. a bandeira vermelha nível 1 ficaria 10% mais cara (a 4,599 reais por cada 100kwh), enquanto
  2. a vermelha nível 2 avançaria 21% (para 7,571 reais a cada 100kwh).
  3. Já a bandeira amarela poderia ter redução de quase 26% (para 0,996 real).

 

O que são e como funcionam as bandeiras tarifárias?

O mecanismo de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 com o intuito de sinalizar aos consumidores sobre os custos extras de geração de eletricidade. Assim, a agência reguladora sinaliza no preço, induz a redução de consumo e penaliza com aumento da conta de luz.

Dado que nossa matriz elétrica é predominantemente hídrica, as estiagem provocam redução do nível dos reservatórios das hidrelétricas. Além disso, exigem o despacho mais frequente das termelétricas mais caras. Dependendo do volume de energia necessário das termelétricas, podemos ter as bandeiras amarela, vermelha patamar 1 e vermelha patamar 2.

Em todo o primeiro trimestre deste ano, as contas de luz tiveram custo adicional de 1,343 real a cada 100 kilowatts-hora consumidos. Esse aumento aconteceu devido ao acionamento da bandeira amarela.

 

O que fazer para se proteger das bandeiras tarifárias?

Uma das soluções que muitos consumidores adotaram é a geração própria de energia elétrica. Com a redução dos preços das placas solares, muitos consumidores passaram a produzir sua própria energia em seus telhados.

Além disso, há uma nova oferta no mercado de energia solar por assinatura que possibilita economizar na conta de luz, sem fazer investimentos, que está ganhando cada vez mais espaço.

A SUNWISE, empresa especializada em energia solar por assinatura, oferece suas fazendas solares aos consumidores residenciais, comerciais e industriais de Minas Gerais. Dessa forma, os consumidores podem compartilhar as fazendas solares, economizar na conta de luz, contribuir para o meio ambiente, sem investimentos e sem dor de cabeça.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes