Entenda como o aumento na conta de luz impacta os mais pobres

Entenda como a energia impactou seu poder de compra em julho e avalie alternativas de redução dos gastos com gasolina e com a conta de luz.

0 97

O principal indicador de inflação, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), subiu e surpreendeu o mercado. O IPCA subiu 0,36% em julho – o maior resultado no mês desde 2016, quando o IPCA subiu 0,52%. A comparação entre o IPCA de julho de 2019 com julho de 2020, mostra 0,19% vs 0,36%. Aumento na conta de luz está entre os principais vilões.

O que mede o índice de inflação IPCA

A inflação nada mais é que o aumento de preços de produtos e serviços. Nesse sentido, o IPCA é o índice de preços oficial do governo federal. O IPCA mede a variação de preços de uma cesta de produtos e serviços. Além disso, o IPCA considera tanto a variação de preços de cada item, mas também o peso que ele tem no orçamento das famílias.

O IBGE faz um levantamento mensal de 430 mil preços em 30 mil locais em 13 áreas urbanas do país. A comparação desses preços com o mês anterior gera o índice de inflação do período.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Entender a evolução do IPCA é importante para avaliar como está variando o seu poder de compra. Variações maiores do IPCA em relação à variação da sua renda ou salário, indica que a sua capacidade de comprar bens e serviços está diminuindo.

Conta de luz como um dos principais vilões em julho de 2020

O principal vilão do mês foi a energia. De um lado, os combustíveis subiram 3,12%, com destaque para a gasolina que subiu 3,42% e o óleo diesel que teve alta de 4,21% em julho. De outro lado, a energia elétrica foi o principal vilão no aumento do custo de habitação dos brasileiros em julho de 2020. A energia elétrica subiu 2,59%. Das 16 regiões geográficas pesquisadas pelo IBGE, 13 apresentaram aumentos e reajustes tarifários, isto é, aumento na conta de luz.

Enquanto o IPCA apontou o aumento de 0,36% no mês de julho, observamos diferenças importantes entre as diferentes regiões. Por exemplo, São Paulo apresentou aumento de 0,24%, Belo Horizonte-Minas Gerais teve alta de 0,39% e Rio Branco-AC chegou a 0,75%.

Curiosamente, a energia solar pode ser uma resposta inteligente para mitigar a inflação da conta de luz. A SUNWISE empresa especializada em energia solar, oferece uma solução inovadora de energia solar por assinatura que permite economias de 15% para residências, comércios e indústrias no estado de Minas Gerais. Dessa forma, você passa a ter controle sobre o gasto de energia elétrica e reduzirá os sustos com aumentos frequentes na conta de luz.

 

Aumento na conta de luz tem maior impacto no orçamento das famílias de menor renda

Além disso, outro aspecto que não deve ser esquecido, é o impacto relativamente maior sobre as famílias de menor renda. A comparação entre dois índices de inflação: o IPCA e o INPC, deixam claro essa trágica perspectiva. Enquanto o IPCA engloba uma parcela maior da população, considerando a variação do custo de vida das famílias com renda mensal de 1 a 40 salários mínimos, o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) foca nas famílias com renda mensal de 1 a 5 salários mínimos. Na comparação dos 2 índices de inflação, temos aumento de 0,36% no IPCA e subida de 0,44% no INPC.

A inflação da conta de luz é um dos principais vilões dos orçamentos das famílias brasileiras. A busca por soluções para reduzir os gastos de energia elétrica é prioritário para milhões de famílias brasileiras.

 

IPCA está subindo, mas continua sob controle

Por outro lado, a inflação acumulada dos últimos 12 meses continua bem abaixo da meta de inflação. O IPCA dos últimos 12 meses atingiu 2,31%, bem abaixo da meta de inflação de 4%. A taxa de juros atingiu mínimas históricas com o intuito de revitalizar a economia e potencialmente, levar a inflação para níveis mais próximos da meta de inflação nos próximos 24 meses.

Como curiosidade, o IBGE produz e divulga o IPCA desde 1980. A maior variação mensal do IPCA foi medida em março de 1990 e atingiu impressionantes 82,39%, enquanto a menor variação foi em agosto de 1998, com o nível de -0,51%.

 

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes