Incenso natural para a harmonização do ambiente e o autocuidado

Aprenda como escolher um produto de qualidade e conheça as propriedades de cada aroma. Além disso, descubra como fazer o seu incenso em casa!

O incenso natural é mais cheiroso. Ele também tem uma queima mais longa em comparação ao industrializado. Além disso, não contém colas, pólvoras, salitre, fixadores, expansores de aromas e outros ingredientes nocivos à saúde.

Para além dos efeitos palpáveis, a fumaça liberada pelo incenso natural tem a propriedade de purificar e harmonizar o corpo e o ambiente.

Se você se interessa pelo assunto mas ainda não o domina, confira nesse texto como tirar melhor proveito desse produto poderoso:

 

Como saber se um incenso natural é de qualidade

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Embora os incensos sejam vendidos como produtos naturais, é preciso prestar muita atenção nos ingredientes.

O incenso natural possui fumaça clara e a composição do produto contém óleos e ervas. Cuidado com  receitas que levam formol, chumbo e benzeno, uma vez que essas substâncias fazem mal à saúde.

Em um estudo realizado pela revista Teste e Saúde, benzeno e formaldeído foram identificados em alguns desses produtos. Isso é muito sério, visto que essas substâncias possuem efeitos cancerígenos.

Ademais, deve-se ter cuidado ao acender o incenso. Sempre o faça em ambientes abertos. Sobretudo, longe de bebês e idosos. O primeiro grupo deve ter exposição mínima à qualquer aroma, pois não se sabe se a criança é alérgica.

Já, o grupo dos idosos pode desenvolver sensibilidade ao produto. Isso ocorre porque uma das consequências da idade é o ressecamento das vias aéreas superiores.

 

incenso natural aromas
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Teste do incenso natural

Para saber se o incenso é de qualidade, realize este teste:

  1. Em primeiro lugar, friccione o produto na palma da mão.
  2. Se ela ficar preta, é devido à presença de carvão. Logo, a marca não é de qualidade.

Outra opção é o teste da queima. Nesse caso, acenda o objeto e verifique se seu nariz está irritado. A priori, irritação no nariz é sinal de que o produto possui elementos tóxicos.

 

Incenso natural: significado

O incenso natural é um transmissor de energia para o ambiente. É por isso que as propriedades de cada essência impactam no local onde o artefato foi acesso.

A queima do incenso natural significa a transformação da matéria em aroma. Logo, o elemento fogo é o maior símbolo desse ritual, pois ele é o responsável pela transmutação dos elementos.

 

incenso natural ajuda na meditação
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Incensos naturais: tipos e benefícios

Mesmo que para você o cheiro importe mais que a função, é importante conhecer as propriedades de cada erva. Dessa maneira, é possível aliar o prazer olfativo às sensações internas. Dois exemplos de sensações provocadas pelo incenso natural são disposição e relaxamento.

 

Aromas calmantes

Para começar, conheça as ervas calmantes. Elas são boas companheiras para um final de semana ou para o encerramento da tarde, após a rotina de trabalho. Aliás, se você trabalha em home office, essa é uma ótima maneira de transformar o clima do ambiente.

Desse modo, você ajuda o seu corpo e a sua mente a transitar do estado de produtividade para o de relaxamento.

  • Lavanda: calmante.
  • Rosa: calmante, afrodisíaco e antidepressivo.
  • Cânfora: antibactericida, refrescante e relaxante.
  • Sândalo: afrodisíaco e serve para a meditação, favorecendo o relaxamento.

 

Aromas energizantes

Também é interessante conhecer os aromas energizantes. Por obra das suas propriedades estimulantes, esse tipo de incenso natural auxilia na produtividade. Em outras palavras, eles são ótimos cúmplices para momentos de estudo e trabalho.

  • Laranja e limão: estimulam o apetite e animam.
  • Alecrim: estimula o corpo.
  • Cravo e canela: ativam a mente e são estimulantes.

 

Aromas de limpeza

Por último, vale mencionar os aromas de limpeza. Afinal, quem nunca se sentiu pesado por causa do ambiente que estava? Nessas situações, acender um incenso natural e mentalizar pensamentos positivos podem ser a solução para a melhora do dia.

  • Mirra e Olíbano: purificam, acalmam e preparam o ambiente para a meditação.
  • Breu-branco e Arruda: purificam. 

 

Incenso natural só em ambiente aberto
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Como fazer incenso natural em casa

 

Agora que você já sabe todos os benefícios, é hora de aprender como fazer seu incenso em casa a partir de plantas do jardim. Logo abaixo, confira um passo a passo simples e barato.

  • Em primeiro lugar, escolha as suas ervas preferidas. Você pode utilizar mais de uma. Contudo, tome cuidado com a mistura de aromas.
  • Depois, faça um nó na ponta de cada ramo de ervas com o auxílio de um barbante de algodão. 
  • Agora é hora de começar a enrolar o fio nas ervas. Dê cerca de 3 a 4 voltas no ramo todo. Não se esqueça de dar um nó em alguns pontos do rolo, para evitar que as ervas caiam.
  • Por último, enrole o fio até a outra extremidade e certifique-se de que está bem preso e firme — caso não esteja, repita o processo quantas vezes forem necessárias. 

 

Dica: você pode também colocar flores no seu incenso. Rosas, calêndulas e camomilas, por exemplo, são opções para acrescentar um cheirinho gostoso a receita.

 

como fazer incenso natural em casa
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Como utilizar o incenso natural?

Desde a Antiguidade, o incenso tem diversos usos. O primeiro que vale citar é o de limpeza energética. Além disso, muitas pessoas acendem um incenso natural no momento da meditação. O aroma, em conjunto com a fumaça, ajuda a conduzir as intenções do momento de pausa.

Quando você for acender o incenso, deixe que queime por alguns momentos antes de apagá-lo. Desse modo, você potencializa o uso do produto. Caso ele apague muito rápido, acenda novamente e aguarde uns segundos antes de cessar o fogo.

 

incenso natural para religião
Imagem: Reprodução / Unsplash

Rituais com incenso natural

Historicamente, o incenso também é muito utilizado por diversas religiões ao redor do mundo. No catolicismo, por exemplo, ele é considerado uma ferramenta de contato com o sagrado. No budismo, por sua vez, ele significa generosidade. E para os islâmicos, o incenso integra um ritual religioso.

O costume islâmico consiste em acender um incenso toda sexta-feira. Em suma, a prática envolve recitar a surata (capítulo do Alcorão) e pedir para Deus purificar a casa.

Por fim, os incensos também são muito muito utilizados na Índia. No país, é comum oferecer os blends aromáticos como uma oferenda aos deuses.

Certamente esse costume ganhou outra roupagem ao redor do mundo. Hoje em dia é comum acender incenso para os mais variados propósitos. Independentemente do objetivo, é quase impossível não se render a delicadeza dos aromas.

Por isso, seja qual for a sua crença, vale a pena investir em bons incensos naturais. Se forem caseiros, melhor ainda. Assim além de perfumar o ambiente, você ainda ganha um hobbie novo que ainda pode ser transformado em renda extra.

 

incenso natural como fazer em casa

Imagem: Reprodução / Unsplash

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes