Empregos em alta no futuro: o que dá pra imaginar?

A pesquisa "Futuro do Trabalho", do Fórum Econômico Mundial, mostrou algumas áreas que se sobressaem.

A pandemia mudou o mundo e possibilita pensar nas demandas atuais e futuras da sociedade. A partir delas vêm a demanda do mercado de trabalho.

O que estudar hoje para conseguir trabalho amanhã? Como buscar a capacitação correta para conseguir uma vaga no mercado? Quando se fala em empregos em alta no futuro é natural que existam questões a se considerar. Elas passam por imaginar as demandas da sociedade. Será que elas serão as mesmas de hoje?

A pesquisa “Futuro do Trabalho”, do Fórum Econômico Mundial, mostrou que o trabalho que imaginávamos lá para frente já chegou.  Por exemplo, já se fala em uso intenso de tecnologia. Também aumentou a demanda por exigências cognitivas e relacionais, assim como o foco na sustentabilidade, na responsabilidade empresarial e nos stakeholders. 

Quando se pensa em empregos em alta no futuro é preciso considerar primeiramente que o número de empregos em si tende a diminuir e a se sofisticar. Essa é a opinião de Augusto Dutra Galery, conselheiro de carreira para estudantes dos cursos de pós-graduação da FECAP.  Para ele, será preciso investir em uma boa educação. Ela deve capacitar para o desenvolvimento científico, habilidades sociais e o uso de tecnologia. 

 

Tecnologia será base para os empregos em alta no futuro

 

A tecnologia deve modificar de forma radical uma série de profissões. Além disso, pode acabar com muitos empregos repetitivos e pouco complexos. Segundo Galery,  provavelmente algumas profissões terão que se adequar ao avanço da tecnologia e a outras mudanças sociais. Por exemplo, ele cita os cursos de biblioteconomia, que se tornaram cursos de gestão da informação.

Quando se trata de empregos em alta no futuro, é preciso considerar que a pandemia  ajudou a impulsionar o trabalho voltado ao uso e desenvolvimento de tecnologia. Também mostrou que existe uma lacuna de profissionais especializados em lidar com pessoas. Além das áreas de TI, marketing e gestão de pessoas, pesquisas indicam que as áreas de produção de conteúdo, desenvolvimento de produtos e vendas também estarão em alta nos próximos anos, conta ele. 

Empregos em alta no futuro
Imagem: reprodução / unsplash

Confira algumas áreas que devem estar em alta

 

Considerando as demandas atuais e provavelmente futuras, é possível imaginar algumas áreas que tendem a ter maior demanda. Desse modo, os empregos em alta no futuro estarão relacionados a oferecer uma vida melhor para todos. 

Primeiramente, o home office tende a continuar em alta. A tendência deve ser a contratação de profissionais capacitados independente de onde estejam no mundo. Além disso, é preciso pensar em trabalhos ligados à saúde mental. Isso porque cada vez mais o bem-estar tenderá a ser essencial.

Outra área que deve continuar importante é a de responsabilidade social.  Assim como as áreas de à ciência e tecnologia, já que a pandemia mostrou que o investimento  nelas é questão de sobrevivência. 

Finalmente, quando se trata de empregos em alta no futuro, não se deve esquecer daqueles com foco em desenvolvimento de inteligência artificial e também os da área de e-commerce. As duas áreas chegaram para ficar.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.