TSE Lollapalooza 2022: manifestações políticas estão proibidas no festival

Organizadores serão multados se desobedecerem decisão.

É comum que artistas expressem suas opiniões e preferências em concertos e festivais. Porém, uma decisão do TSE sobre o Lollapalooza 2022 agora impede que músicos façam manifestações políticas em cima do palco durante o festival, que acontece entre os dias 25 e 27 de março em São Paulo.

TSE Lollapalooza 2022

Após Pabllo Vittar e a europeia Marina se manifestarem politicamente no Lollalooza 2022, o presidente Jair Bolsonaro entrou com uma liminar para pedir que fossem multados os artistas que expressassem esse tipo de opinião durante as apresentações do festival. A justificativa é que seria propaganda eleitoral antecipada

O pedido foi acatado pelo TSE neste sábado, 26 de março. O ministro Raul Júnior classificou as manifestações dos artistas no palco como propaganda eleitoral e determinou a multa de R$ 50 mil para os organizadores do Lollapalooza 2022 caso a decisão do TSE seja desrespeitada e outros artistas tomem atitudes parecidas com a Pabllo e Marina durante os dias do evento de música.

“Percebe-se que os artistas mencionados na inicial fazem clara propaganda eleitoral em benefício de possível candidato ao cargo de Presidente da República, em detrimento de outro possível candidato, em flagrante desconformidade com o disposto na legislação eleitoral”, justificou o ministro.

A liminar proíbe que tanto manifestações a favor como contra algum candidato aconteçam. Os advogados do presidente da república também pediram pela condenação do festival, com a mesma justificativa de propaganda eleitoral antecipada, porém, este pedido não foi aceito.

O que aconteceu

Pabllo Vittar levantou uma bandeira do ex-presidente Lula durante seu show, no palco Adidas ao longo do primeiro dia de Lollapalooza 2022. Já a britânica Marina mandou um recado para o atual presidente e também o governante da Rússia. “Fo**-se Putin e fo**-se Bolsonaro”, disparou. O momento também aconteceu durante o primeiro dia de festa, após a manifestação da cantora, o público passou a gritar e lançar xingamentos contra Bolsonaro.

Confira trechos da apresentação de Pabllo Vittar, que motivou a liminar que o TSE aprovou contra o Lollapalooza 2022:

Depois de ler sobre o TSE Lollapalooza 2022, veja também

Baterista do Foo Fighters morre aos 50 anos; show é cancelado no Brasil

Você pode gostar também
buy cialis online