Espiritualidade

Conheça os milagres de Nossa Senhora Aparecida

Santa é celebrada em 12 de outubro

Escrito por

Desde o aparecimentos nas águas do Rio Paraíba, em 1917, a história de milagres de Nossa Senhora Aparecida atravessam o tempo e alimentam a fé dos católicos na santa. O dia da padroeira do Brasil é celebrado em 12 de outubro.

Milagres de Nossa Senhora Aparecida no rio

A história de Nossa Senhora Aparecida começa em 1717, quando três pescadores - assim se diz - pescando no rio Paraíba encontraram o corpo de uma estátua na rede, mas sem a cabeça. O primeiro milagre da santa acontece quando eles lançaram a rede novamente e encontrar a cabeça da imagem.

Pescadores encontraram imagem da santa e vivenciaram primeiro milagre - foto: divulgaçào

O espanto iluminou seus rostos enquanto lutavam para puxar as redes, vendo nelas peixes de excelente qualidade. A pesca era tão abundante que o barco mal conseguia manter o equilíbrio na água.

Os pescadores, porém, antes de irem ao mercado, deixaram a estátua para Silvana, mulher de João. Silvana colou a cabeça no corpo e a guardou com ela por cerca de 10 anos. Todos os dias a família, ao final do trabalho, rezava o terço. Em 1726 a estátua foi confiada aos filhos Atanasio e Pedroso que a colocaram num pequeno nicho de madeira”. Os milagres começaram imediatamente e ele percebeu que havia encontrado uma estátua da Madonna.

Aos poucos se espalhou a notícia da descoberta da Aparecida, e se espalhou o boato de que, rezando em frente à estátua guardada na casa do pescador, se obtinham graças e milagres. Assim, foi construída uma capela para albergar a estátua e os numerosos peregrinos.

A capela foi posteriormente ampliada, tornando-se uma bela igreja, que logo se tornou insuficiente para acomodar o crescente número de devotos.

O milagre das velas e outras maravilhas - Milagres de Nossa Senhora Aparecida

Felipe Pedroso, sendo o mais velho, trouxe para casa a imagem diante da qual ele e sua família começaram a rezar, iniciando uma sequência de acontecimentos extraordinários que se repetem até hoje.

O primeiro milagre atribuído à imagem ocorreu em uma noite clara e silenciosa: enquanto a família e os vizinhos rezavam o terço, duas velas se apagaram sem ninguém soprar e depois acenderam sem ninguém fazer nada.

A luz daquelas velas, que milagrosamente reacendeu naquela noite, iluminou seus corações e despertou grande amor e devoção a Nossa Senhora.

Era costume típico daqueles tempos, tempo de fé robusta, que os vizinhos se reunissem aos sábados para rezar o terço e recitar outras orações e cânticos em honra da Imaculada Conceição de Maria. Nessas reuniões familiares, conforme relatado anteriormente, ocorreram várias manifestações extraordinárias: o nicho com a imagem começou a tremer, quase caiu e as velas se apagaram; no armário onde estava a imagem, várias pessoas ouviram estalos repetidamente.

Correntes de escravidão quebram no chão - Milagres de Nossa Senhora Aparecida

Os milagres fortaleceram a nova devoção popular, agora com a invocação de Nossa Senhora Aparecida. As casas tornaram-se pequenas para muitos devotos, e com o apoio decisivo do padre José Alves Vilela, pároco da Paróquia Santo Antônio de Guaratinguetá, foi construída uma pequena capela em Itaguaçu, próximo à rodovia, em um ponto importante, onde constantemente as caravanas dos viajantes passaram. Isso favoreceu a popularização das maravilhas e rapidamente aumentou o número de devotos.

Mas o fator decisivo foi justamente o conforto espiritual. "Formou-se a religiosidade de um povo que, ao invocá-la, sentiu que a chama de sua fé, como a chama das velas do oratório primitivo, sempre se reacendia com as graças e os dons recebidos".

Assim como São Pedro na prisão teve suas correntes quebradas e foi solto (Atos 12, 3-7), no final do século XVIII "um escravo fugitivo, que foi conduzido de volta à fazenda, passava em frente à capela quando pediu permissão para subir à igreja para fazer uma oração.

Enquanto orava diante da imagem, as correntes caíram de seu pescoço e pulsos e caíram no chão. Comovido pelo acontecimento, o dono da fazenda o recuperou e depositou o preço do escravo no altar, levando-o para casa como um homem livre.

A queda das pesadas correntes que prendiam o escravo Zacarias pelo pescoço e pelos pulsos é um testemunho eloquente do poder intercessor de Maria Santíssima para libertar os arrependidos da prisão do pecado.

Depois disso, veio gente de todos os cantos para venerar aquela que ficou conhecida como Nossa Senhora Aparecida , e a devoção cresceu. Muitos milagres foram reivindicados. A primeira capela foi construída em 1745 e agora existe uma grande basílica. A festa de Nossa Senhora Aparecida é celebrada todo dia 12 de outubro.

Assista ao vídeo do Papa Francisco sobre Nossa Senhora

Como pedir proteção à Nossa Senhora Aparecida?

Ó incomparável Nossa Senhora Aparecida,
Mãe de Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos Pecadores,
Refúgio e Consolação dos Aflitos e Atribulados,
Virgem Santíssima, cheia de poder e bondade,
lançai um olhar favorável em nossa direção
para que possamos ser ajudado em todas as nossas necessidades.
Lembre-se, Clemente Mãe de Aparecida,
que nunca se soube que alguém que buscou sua ajuda,
invocando seu nome e implorando sua proteção singular,
tenha sido abandonado.

Animado por esta confiança, dirijo-me a ti,
aceitando-te de uma vez e para sempre como minha Mãe e protetora,
minha consolação e guia,
minha esperança e luz na hora da minha morte.

Por favor, Senhora, liberta-nos de tudo
o que possa ofender a ti e ao teu Santíssimo Filho,
meu Redentor e Senhor Jesus Cristo.
Virgem Santíssima, guarda-nos teus indignos servos e esta casa
e aqueles que aqui vivem de pestes, fomes, guerras, assaltos,
raios, tempestades, inundações, acidentes e outros perigos
e coisas ruins que possam nos assolar.

Senhora Soberana, por favor, guie-nos
em todas as coisas espirituais e temporais;
livra-nos das tentações do diabo para que,
seguindo o caminho da virtude
e pelos méritos da tua mais pura virgindade
e do preciosíssimo Sangue do teu Filho,
possamos ver-te,
amar-te e gozar-te na glória eterna,
para todo o sempre. sempre.

+ aprenda a oração de Nossa Senhora Aparecida forte

Última modificação em 12/10/2023 10:32

Anny Malagolini

Jornalista imersa nas redes sociais. Atualmente, coordena equipes de notícias e desenvolve estratégias de otimização.

Compartilhe
Escrito por