Reclassificação do Plano SP coloca capital de volta na fase laranja

Grande São Paulo e capital paulista regridem para fase laranja do Plano São Paulo. Outras regiões, como Marília e Bauru, no interior, regrediram para a fase vermelha. Nesta sexta (26/02) número de pessoas internadas em UTI somou 6.767, maior índice desde o início da pandemia.

João Doria (PSDB) anunciou uma nova reclassificação do Plano SP na tarde desta sexta-feira, 26 de fevereiro. Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, o governador do estado afirmou que tanto a capital paulista quanto a Grande São Paulo vão regredir para a fase laranja a partir de hoje até o dia 14 de março.

A capital paulista estava na fase amarela, mais branda em relação as restrições impostas pela pandemia da Covid-19. No entanto, com o aumento do número de internações, mortes e casos em São Paulo, o governador decidiu decretar medidas mais severas para conter a disseminação do novo coronavírus, entre elas, o toque de recolher em todo estado entre 23h às 5h.

Como ficou a reclassificação do Plano SP?

Imagem mostra a Reclassificação do Plano SP
(Imagem: Governo de SP/Reprodução)

Além da Grande São Paulo, outras regiões do estado regrediram de fase do Plano SP. Confira a seguir como ficou cada uma delas com a reclassificação anunciada pelo governo.

Estão na fase laranja:

  • São Paulo
  • Grande SP
  • Registro
  • Sorocaba
  • Taubaté
  • Franca
  • São José do Rio Preto
  • Campinas

Estão na fase vermelha:

  • Marília
  • Ribeirão Preto
  • Araraquara
  • Bauru
  • Barretos

Estão na fase amarela:

  • Araçatuba
  • Piracicaba
  • Baixada Santista
Leia também

Vacinação em SP: idosos com 67 anos recebem 1ª dose na…

Vacinação de professores em São Paulo; veja onde tem…

O que funciona na fase laranja?

A fase laranja é uma fase de alerta. Fica proibido serviços como academias, salões de beleza, bares e restaurantes. Serviços essenciais como comércio e até shoppings centers devem funcionar com ocupação máxima limitada a 20% da capacidade. O horário também é reduzido: são 4 horas seguidas em todos os dias da semana ou 6 horas seguidas em 4 dias da semana, desde que suspenso o atendimento presencial nos demais 3 dias. Fica proibido o uso de praças de alimentação.

Piora na pandemia

O estado de São Paulo vem registrando um avanço da pandemia pelo estado e bateu recordes no número de pessoas internadas em estado grave nesta última semana. O número somou 6.767 pessoas internadas em UTI nesta sexta-feira (26/02), este é o maior número desde o início da pandemia em 2020.

De acordo com o Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, a situação dos pacientes diagnosticados com Covid-19 está evoluindo de forma mais grave. No pico da pandemia, em julho do ano passado, 40% dos pacientes internados no estado estavam em UTIs. Nesse momento, do total de internados, 46% dos pacientes estão em estado grave.

O Brasil registrou o número recorde de mortes por causa da Covid-19. Segundo informou o consórcio de imprensa, o país registrou 1.582 óbitos no dia 25 de fevereiro. Até então, o dia mais letal tinha sido 29 de julho de 2020, quando 1.554 brasileiros morreram diagnosticados com o novo coronavírus.

O que pensa João Doria

bolsa auxílio
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) GovernoSP/Divulgação

Segundo o governador, as novas restrições mais rígidas são extremamente necessárias para evitar um colapso no sistema de saúde. Veja abaixo o que disse João Doria sobre o toque de recolher em todo o estado de SP:

“Temos que adotar essa medida para proteger vidas, para proteger vidas de brasileiros em São Paulo. Não temos nenhuma satisfação de adotar uma medida como essa, mas temos a necessidade de adotar essa medida para proteger vidas.”

Como funciona o Plano SP?

O Plano São Paulo é a estratégia do Governo do Estado de São Paulo para vencer a Covid-19. Ele é dividido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (Vermelho) a etapas identificadas como controle (Laranja), flexibilização (Amarelo), abertura parcial (Verde) e normal controlado (Azul). O plano divide o estado em 17 regiões e cada uma delas é classificada em uma fase do plano, dependendo de fatores como capacidade do sistema de saúde e a evolução da epidemia.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes