Governo amplia prazo de saque do auxílio ao Bolsa Família para 270 dias

Pagamentos do auxílio emergencial ao grupo já foram pagos, mas liberação para saques e transferências segue até janeiro de 2021

Na última quarta-feira (30), o governo federal ampliou de 90 para 270 dias o prazo para saques de recursos do programa social e auxílio emergencial por beneficiários do Bolsa Família. A portaria do Ministério da Cidadania teve publicação no Diário Oficial da União.

 

Saque do Bolsa Família

Agora, os valores já depositados terão um prazo maior para saque dos beneficiários. Segundo o texto, a legislação permite que  prazo de saque do programa pode ter ampliação em municípios com declaração de situação de emergência, como é o caso da pandemia de covid-19. Assim, a medida deve evitar as aglomerações em locais de pagamentos.

A contagem da prorrogação começa da data da disponibilidade da parcela dos benefícios, e deve incidir sobre as parcelas do Bolsa Família disponíveis para pagamento durante a vigência da situação de emergência em razão da covid-19 e que ainda estejam válidas. Segundo o R7, então, os valores creditados na conta poupança digital não movimentados no prazo de 270 dias são devolvidos à União.

 

Última parcela do auxílio

O pagamento da nona e última parcela do auxílio emergencial para os inscritos ocorreu entre os dias 10 e 23 de dezembro. Esse grupo recebeu, então, os pagamentos nos dez últimos dias úteis de cada mês, seguindo a ordem do final do Número de Identificação Social (NIS). Dessa forma, a liberação para saques e transferências ao Bolsa Família segue até janeiro de 2021. Entretanto, para os inscritos no auxílio emergencial via Cadastro Único, aplicativo ou site da Caixa, o depósito da última parcela do benefício em poupança social digital ocorreu na terça-feira (29). 

Inscritos no Bolsa Família tiveram até a última terça-feira (29) para contestar o auxílio emergencial negado. Assim, o prazo começou no dia 20 de dezembro, e os beneficiários puderam fazer contestação ao cancelamento ou o bloqueio do auxílio emergencial e residual.

 

Leia também:

Bolsa Família: como receber os pagamentos mensais pelo Caixa Tem?

Bolsa Família pode aumentar o valor em 2021; veja mudanças

Fonte R7
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.