Saiba quais são os critérios de desempate do Brasileirão 2020

Faltando duas rodadas para o término da competição, ainda há indefinições sobre campeão, rebaixados e classificados à Libertadores; decisão pode ficar para os critérios de desempate.

O Campeonato Brasileiro de 2020 é um dos mais equilibrados da era dos pontos corridos. Não à toa, faltando duas rodadas para o término da competição, três clubes ainda brigam pelo título, cinco pelo rebaixamento e quatro por uma vaga na Libertadores. Diante deste cenário, algumas definições podem ser decididas pelo critério de desempate do Brasileirão. No entanto, você sabe quais são?

Quais os critérios de desempate do Brasileirão?

De acordo com o regulamente da CBF, o Campeonato Brasileiro possui sete critérios de desempate. Eles existem para se caso duas equipes fiquem empatadas no número de pontos, exista um critério para definir quem ficará à frente do outro. Veja:

  • Número de vitórias
  • Saldo de gols
  • Número de gols pró
  • Confronto direto
  • Menor número de cartões vermelhos recebidos
  • Menor número de cartões amarelos recebidos
  • Sorteio

Maior número de vitórias

O primeiro critério de desempate do Brasileirão tem como base o número de vitórias. Ou seja, em caso de empate na pontuação, quem tiver mais vitórias, fica à frente.

Saldo de gols

Se além da pontuação e o número de vitórias o empate persistir, o segundo critério é o saldo de gols. Para saber o saldo de gols de uma equipe, bastar somar o número de gols feitos e subtrair pelos sofridos, o resultado será o saldo.

- PUBLICIDADE -

Maior número de gols pró

O terceiro critério leva em consideração o número de gols que a equipe fez no campeonato.

Confronto direto

Caso o empate persista mesmo com todos os critérios acima, a decisão vai para o confronto direto. No Campeonato Brasileiro, as equipes se enfrentam duas vezes, quem levar a vantagem: vencer os dois jogos ou vencer um e empatar o outro, fica à frente.

Maior número de cartões vermelho

O quinto critério contabiliza o número de cartões vermelhos que determinada equipe levou. Quem tomou menos, leva a vantagem.

Menor número de cartões amarelos recebidos

Assim como no item anterior, este contabiliza os números de cartões. No entanto, neste caso são os amarelos.

Leia também

Seleção do Brasileirão 2020: veja os melhores do ano

Classificação do Brasileirão: veja como ficou a tabela após…

- PUBLICIDADE -

Sorteio

Por fim, mesmo que o empate persista com todos esses critérios, então um sorteio é realizado para definir quem vence.

No Brasileiro Série B desta temporada, Chapecoense foi campeão nos critério de desempate: 21 a 20 no saldo de gols, contra o América-MG
No Brasileiro Série B desta temporada, Chapecoense foi campeão no critério de desempate: 21 a 20 no saldo de gols, contra o América-MG (Foto: Márcio Cunha/Chapecoense)

Como é feita a pontuação do Brasileirão?

Assim como na maioria de campeonatos por pontos corridos, a pontuação do Brasileirão é definida da seguinte maneira: uma vitória equivale a três pontos; em caso de empate, soma-se um ponto; por fim, em caso de derrota, não pontua.

Ou seja, a regra é básica, quem pontuar mais, vence a competição e em caso de empate, usa-se os critérios de desempate do Brasileirão.

Quantos pontos precisa para subir à Série A?

A matemática da pontuação para subir à primeira divisão, é variável. Ou seja, cada ano muda. No entanto, a menor pontuação de acesso ocorreu em 2007, com o Vitória, que marcou 59 pontos. Em 2018, o Goiás subiu com 60 pontos.

- PUBLICIDADE -

De acordo com departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o time que chegar aos 66 pontos tem 100% de chance de subir. Mas, quem conseguir 62, tem 98,8% de probabilidade de conquistar o acesso. Já quem fizer 63, tem 99,7%.

A média geral de 2006 a 2019 para conseguir a vaga é de 63 pontos. No entanto, nesta temporada, Juventude e Cuiabá conseguiram o acesso com 61 pontos, cada.

Cuiabá garantiu acesso na Série A com 61 pontos
Cuiabá garantiu acesso na Série A com 61 pontos (Foto: Divulgação/AssCom Dourado)

Quantos pontos tem o Flamengo no Brasileirão?

- PUBLICIDADE -

O Flamengo tem atualmente 68 pontos no Campeonato Brasileiro, e terá uma “final” contra o Internacional neste domingo (21), no Estádio do Maracanã. Se vencer, a equipe ultrapassa o Colorado, que possui 69, e fica muito próxima de conseguir o título.

Na última rodada, o Rubro-negro encara o São Paulo, no Morumbi, enquanto o Inter pega o Corinthians, no Beira-rio. Se o Flamengo vencer neste domingo, ficará dois pontos a frente do atual líder. Imaginando que na última rodada o time carioca empate e o gaúcho vença, ambas equipe teriam 72 pontos. Diante deste cenário, a decisão ficaria para o critério de desempate: ambas equipes teriam a mesma pontuação e número de vitórias, mas no saldo de gols, até então o do time de Abel Braga é melhor, com 27 a 20.

Vale ressaltar que a regra dos critérios de desempate variam de acordo com cada campeonato, e nem todas são iguais ao do Brasileirão. Na Premier League, por exemplo, o primeiro critério é o saldo de gol, o segundo os gols marcados e, por fim, o confronto direto.

+ O que Flamengo e Inter precisam para ser campeões

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes