Eleições 2020: Covas com 60% e Boulos tem 40%, diz pesquisa da CNN

Pesquisa do Instituto RealTime Big Data/CNN mostra que, se o segundo turno fosse hoje, o tucano sairia na frente

Eleições 2020- Uma nova pesquisa do Instituto RealTime Big Data/CNN Brasil, divulgada hoje, mostra que o candidato à Prefeitura de São Paulo Bruno Covas (PSDB) venceria Guilherme Boulos (PSOL),  se o segundo turno das Eleições 2020 fossem hoje (dia 17).

Primeira pesquisa para o 2º turno em São Paulo

Covas, candidato à reeleição, aparece com 60% das intenções de votos válidos, ante 40% de Boulos. Neste caso, desconsideram-se as respostas que apontaram votos nulos ou brancos.

A pesquisa tem o número de registro SP06584/2020 e a coleta foi feita nos dias 16 e 17 de novembro.

Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, com entrevistadores humanos. A margem de erro é de 3 pontos, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

O levantamento identificou ainda que Guilherme Boulos (PSOL) tem quase o dobro da rejeição de Covas (PSDB) – 40%, ante 24% do atual prefeito de São Paulo. Há ainda 10% que rejeitam ambos e outros 19% que não rejeitam nenhum. Outros 7% não souberam responder.

Eleições 2020: Bruno Covas e quais as propostas para SP?

Bruno Covas nasceu na cidade de Santos, em 1980 e em 1995 mudou-se para São Paulo e estudou no colégio Bandeirantes. É formado em direito pela Universidade de São Paulo e em economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Logo em 1998 já se filiou ao PSDB, partido que permanece até hoje, e não saiu da vida política.

Eleições 2020: veja quem foi o vereador mais votado em SP

Além disso, é o atual prefeito de São Paulo, cargo que assumiu em 2018. Agora, em 2020, o politico tenta a reeleição na capital paulista e está no segundo turno eleitoral.

Conhecido por querer implementar, nas represas da cidade, o transporte em barcos integrado ao Bilhete Único, Covas tem um plano com 46 páginas  e 10 eixos  diferentes, nas Eleições 2020. Em um deles, ele fala em fazer com que cada macrorregião da cidade tenha uma área aberta durante 24 horas a fim de estimular a atividade noturna.

Eleições 2020: veja os famosos eleitos vereadores em SP

Segundo seu projeto, o objetivo de Covas é levar a cidade de São Paulo a um novo patamar de desenvolvimento social, econômico e urbano. Tem um programa de proteção para garantir o futuro de crianças e adolescentes. Pretende ampliar a rede de saúde pública. Além de buscar reverter as desigualdades sociais e aumentar o crescimento econômico em São Paulo. Seu projeto conta com melhorias na infraestrutura urbana também. Além disso, quer a diminuição do peso do estado, com privatizações. Além disso, também pretende facilitar a vida de quem quer empreender na cidade.

Guilherme Boulos: quais as propostas para SP?

Guilherme Boulos é bacharel em filosofia e mestre em psiquiatria pela Universidade de São Paulo. Foi criado no bairro de Pinheiros e teve uma infância e adolescência no meio da classe média alta paulistana. Contudo, seu engajamento pelas lutas sociais começou cedo e Boulos questionava a divisão de classes no Brasil ainda quando adolescente. Quando jovem, saiu de seu colégio particular e terminou o ensino médio em uma escola pública perto de casa. O candidato do PSOL ingressou da União da Juventude Comunista aos 15 anos e não parou de engrossar movimentos sociais e políticos no Brasil.

O candidato é casado com Natalia Szermeta e pai de duas filhas, Sofia e Laura.

As propostas do candidato nas Eleições 2020  estão voltadas às pautas sociais e integração da cidade. Boulos defende que o maior problema atual é a desigualdade, por isso, pretende combate-la, se eleito. Ele propõe medidas de combate ao racismo, como constituir o Fundo Municipal de Políticas de Combate ao Racismo com um percentual fixo do orçamento municipal e também visa impedir a homenagem a figuras históricas relacionadas a escravidão no país em monumentos e nomes de locais públicos.

 

O candidato afirma que fará uma reforma tributária progressista, com aumento de impostos direitos para pessoas com maior renda. Visa criar o Programa de Renda Solidária, reestruturando e ampliando o programa existente para garantir que nenhuma família vulnerável em São Paulo fique sem uma renda mínima. Ele afirma que quer melhoras as áreas abandonadas da cidade.

Na educação quer que o analfabetismo funcional em São Paulo chegue à taxa zero. Pretende desenvolver programas de formação continuada para os profissionais da educação visando ativa participação no combate ao preconceito e à discriminação. Além de propor política de educação bilíngue para surdos, com a participação deles e de suas famílias, fortalecendo as EMEBS e o ensino de libras na rede municipal.

Fonte: CNN

Veja mais

Eleições 2020: você sabe o que fazer com o comprovante de votação?

Eleições 2020: quem não votou no primeiro turno, pode votar no 2º turno?

Eleições 2020: qual o partido que mais elegeu prefeitos no Brasil?

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.