Quem são os possíveis candidatos a presidente para 2022?

O Brasil terá que eleger um novo presidente no próximo ano. Apesar de ser muito cedo para as pré-candidaturas, alguns nomes estão na mira dos partidos políticos, e também da população, Veja quais são eles!

Em um ano caótico, que o país registra os maiores índices e números de mortes, internações e casos da Covid-19, o cenário político aumenta cada vez mais sobre as tensões para o próximo ano, quando acontece as eleições presidenciais. Enquanto nenhum nome confirma a candidatura, as especulações sobre quem serão os candidatos a presidente para 2022 não param de surgir.

As eleições devem acontecer apenas em outubro de 2022, portanto, de acordo com o calendário tradicional, os nomes confirmados dos candidatos a presidente são oficializados no primeiro semestre do ano. O jornal A Gazeta entrevistou um cientista político, que afirmou neste ano de 2021, os partidos devem testar os possíveis nomes, levando em conto o apoio da população e do mercado.

Candidato a presidente 2022: Jair Bolsonaro

Imagem mostra Jair Bolsonaro usando máscara

(Foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil)No dia 8 de fevereiro, o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) concedeu uma entrevista ao programa da Band, Brasil Urgente, apresentado por Datena. Na ocasião, Bolsonaro foi confrontado pelo jornalista, que o questionou sobre a possível candidatura para presidente em 2022. Entretanto, o presidente não confirmou que será candidato, pois ainda está muito cedo para pensar nisso.

Em contrapartida, Bolsonaro afirmou que pretendia definir ainda no mês de março o seu futuro partido. Para pode ser candidato novamente na disputa presidencial, ele precisa ser filiado a um partido político, assim como pede a Constituição federal. Muitos apoiadores do atual presidente apostam em sua candidatura novamente, mas ela ainda não foi confirmada.

Confira as principais opções de partidos políticos de Bolsonaro.

Candidato a presidente 2022: Luciano Huck

Imagem mostra o apresentador Luciano Huck
(Foto: Globo/Divulgação)

Um dos nomes mais especulados para candidato a presidente em 2022 é o do apresentador Luciano Huck, atualmente na rede Globo de televisão. A candidatura de Huck ainda não foi confirmada por ele, mas tudo indica que o comunicador vai entrar para o mundo da política pela disputa do Planalto.

Segundo informações do O Globo, Luciano Huck já está estudando pelo menos seis partidos políticos para se filiar. A publicação afirmou também que ele deve anunciar sua candidatura em setembro de 2021, mas pretende se filiar somente no primeiro semestre de 2022.

Leia na íntegra Para qual partido vai Luciano Huck? Veja 6 opções para 2022

Candidato a presidente 2022: João Doria

Dória viaja para Miami - candidatos a presidente 2022
João Dória (Foto: Agência Brasil)

Não é novidade que João Doria (PSDB), atual governador do estado de São Paulo, tem interesse em se candidatar a presidente em 2022. Doria tem sido um grande opositor de Bolsonaro durante a condução do governo na pandemia da Covid-19. Em recente entrevista à Agência Estado, o governador afirmou que “o Brasil é muito maior que Lula e Bolsonaro”, e comentou sobre sua candidatura.

Além dele, outro nome está sendo estudado pelo PSDB, o do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Para Doria, a possibilidade do partido apoiar outro nome não é algo ruim.. “Uma aliança pelo Brasil não pode estabelecer prerrogativas de nomes”, afirmou ao Estadão.

Em outubro de 2021, o PSDB vai definir as prévias do seu candidato ao Planalto. Sobre isso, João Doria também disse que é favorável. “Elas fortalecem, somam e constroem candidaturas fortes para a disputa eleitoral. Aliás, sou filho das prévias. As duas únicas prévias feitas até hoje no Brasil foram feitas pelo PSDB em São Paulo, em 2016 e em 2018. Disputei e venci as duas”, lembrou ele.

Candidato a presidente 2022: Lula

Imagem mostra o ex-presidente Lula - candidatos a presidente 2022
(Foto: PT/Divulgação)

Luiz Inácio Lula da Silva entrou para a lista de candidatos elegíveis para 2022. Com a recente decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou todas as condenações do ex-presidente pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato. Pela decisão de Fachin,  Lula voltou a ser elegível, e deixa de ser impedido pela Lei da Ficha Limpa, caso queira se candidatar a algum cargo público.

Em relação a se eleger em 2022, Lula já declarou recentemente que não está nos seus planos, mas, se for preciso para derrotar o bolsonarismo, ele irá sim sair candidato como presidente da República pelo PT. Diversas influências políticas do país, como Luciano Huck e Ciro Gomes, comentaram sobre o possível retorno de Lula.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou sobre a decisão e afirmou não ter ficado surpreso, já que “Edson Fachin tem uma forte ligação com o PT”. “Então não nos estranha”, completou. Bolsonaro fez questão de destacar que, em sua avaliação, o governo do PT foi “catastrófico” e chegou a falar sobre o Lula ser elegível no próximo ano.

“Acredito que o povo brasileiro não quer ter um candidato desse em 2022, muito menos pensar em eleger. É só ver, a bolsa foi lá pra baixo e o dólar pra cima. Todos nós sofremos com uma decisão dessa aí”, afirmou.

Candidato a presidente 2022: Ciro Gomes

luciano huck defende tributação de heranças após comentário de ciro - candidatos a presidente 2022
Ciro Gomes (Foto: Agência Brasil).

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT) é um nome forte para as eleições de 2022. Isso porque ele ficou em terceiro lugar nas eleições de 2018, atrás de Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Desde então, Ciro tenta atrair o apoio do centrão para a próxima candidatura. Declaradamente opositor do atual governo, Ciro também já declarou que não apoia Lula e quer tirar o PT do segundo turno nas eleições de 2022.

Candidato a presidente 2022: Luiza Helena Trajano

Mulheres empreendedoras: conheça as principais do Brasil e do mundo
(foto: Laison Santos/Veja)

A empresária Luiza Helena Trajano, CEO do Magazine Luiza e presidente do Grupo Mulheres do Brasil, pode estar na disputa para a presidência em 2022. Isso porque sua imagem tem sido cada vez mais associada ao universo político por sua liderança no mercado financeiro e empresarial. Mas em recente entrevista ao jornal Diário do Nordeste, ela preferiu não comentar sobre o assunto.

Luiza Trajano vem comentando sobre o atual governo de Jair Bolsonaro, e para ela, uma das coisas importantes no combate da pandemia da Covid-19 é o auxílio emergencial. “A pandemia escancarou ainda mais a desigualdade social que sabíamos que existia, mas ela foi ainda mais acentuada. Precisamos amparar a população que está mais sofrendo com a perda de fonte de renda”, disse à publicação.

 

Mostrar comentários (1)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes