Empregos em alta no setor de energia renovável no Brasil

Já são mais de 1 milhão de empregos qualificados e bem remuneração na área de energia renovável no Brasil. Veja quais são os cargos em alta com salários de até R$ 25 mil.

A empresa de recrutamento e seleção de média e alta gestão, Michael Page, confirma que o Brasil participa ativamente de uma das maiores tendências globais no setor de energia. De fato, a mudança da matriz energética de fontes fósseis para as renováveis, já produziu mais de 1 milhão de empregos qualificados e bem remunerados no Brasil no setor de energia renováveis.

Oferta de novos empregos em energia renovável só cresce

A oferta de empregos em energia renovável não para de crescer, mesmo em tempos de pandemia. Atualmente o Brasil é o segundo país no mundo que mais emprega na área de energias renováveis, e fica atrás apenas da China. Nesse sentido, a empresa Michael Page confirma que a busca de executivos cresceu 35% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior.

A busca por profissionais abrange os diferentes níveis hierárquicos, desde cargos de entrada até cargo de gestão. As empresas não buscam somente pessoas que sejam especialistas técnicas em sustentabilidade ou energia renovável. Mas sim, profissionais com conhecimentos em áreas correlatas e que entendam da cadeia produtiva. Além disso, a demanda deve se manter aquecida por muito tempo, dado os ciclos de projetos de médio e longo prazo. Isto inclui as diferentes áreas de operação, finanças e vendas.

No Brasil, a maior procura por engenheiros com formação em mecânica, civil ou até mecatrônica está relativamente equilibrada com a oferta. Isto é, não sofremos de falta de mão de obra, nem tampouco estamos sobrecarregados. O mercado está crescendo e deve trazer ótimas oportunidades de geração de emprego e renda para milhões de brasileiros.

 

Confira 3 cargos em alta com salários de até R$ 25mil

De fato, merece destaque a capacidade de geração de empregos no setor de energia renovável com cargos de salários de até R$ 25 mil. Finalmente, confira os 3 cargos com alta demanda em 2020, de acordo com a Michael Page:

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

  1. Gerente de Desenvolvimento de Projetos: 

    • O que faz: busca novas oportunidades de negócio e realiza o desenvolvimento do projeto até sua implementação. As oportunidades podem ser greenfields (projetos de Capex), ou seja, quando o produto do projeto é realizado a partir do zero, ou brownfields (M&A), quando o produto do projeto é realizado para se somar a algo já existente.
    • Perfil: o profissional deve conhecer muito do mercado de energia e regulatório. É importante que tenha experiência no desenvolvimento dos projetos, principalmente na prospecção de terreno, regularização e análises de viabilidade. Também deve ter habilidade em gerenciar os stakeholders envolvidos. Geralmente, abrange profissionais com conhecimentos em Engenharia, Finanças e Vendas.
    • Motivo para a alta: atentas a retomada econômica sustentável, as empresas estão buscando novas oportunidades de investimento em energias renováveis no Brasil ou na aquisição de projetos em desenvolvimento.
    • Média salarial: R$ 15 mil a R$ 25 mil
  2. Gerente ou diretor de projetos

    • O que faz: responsável pela execução de projetos. Recebe a demanda dos times de desenvolvimento e responde pela parte de construção, instalação e comissionamento.
    • Perfil: o profissional deve conhecer bem o mercado de energia e dominar tecnicamente o conceito de projetos de infraestrutura. Existe um grande número de trabalhadores de grandes obras migrando para projetos de energias renováveis, já que oferecem menos complexidade. É preciso ter experiência em projetos de grande porte.
    • Motivo para a alta: O crescimento do investimento em energia renovável se traduz em novos ativos de geração.
    • Média salarial: R$ 15 mil a R$ 25 mil
  3. Gerente ou diretor de organizações e métodos

    • O que faz: responsável pela gestão das operações e manutenção dos ativos de geração de energia renovável.
    • Perfil: trata-se de um perfil raro no mercado, já que o número de ativos ainda é baixo. Assim, há espaço para a participação de profissionais de outros setores, desde que consigam se adaptar rapidamente a uma nova realidade. É essencial conhecimento técnico do maquinário, a exemplo de aerogeradores, módulos solares, trackers, entre outros, além de senso de urgência e prontidão.
    • Motivo para a alta: o aumento de ativos, principalmente no que diz respeito à energia solar.
    • Média salarial: R$ 15 mil a R$ 25 mil
Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes