Investimentos em energia solar disparam em 2021 ao redor do mundo

Energia solar apresenta forte crescimento em todos os continentes e desempenha papel fundamental para uma nova matriz energética de combate às mudanças climáticas.

Energia solar tem papel crucial na transição da matriz energética global. A Bloomberg projeta uma aumento de capacidade instalada fotovoltaica de até 194GW ao redor do mundo em 2021. Nesse sentido, os investimentos em energia solar cresceram 12% e alcançaram o montante de US$ 148,6 bilhões, apesar da recessão econômica decorrente da pandemia.

Investimentos chegam a 1/2 trilhão de dólares em 2020

Somando todos os investimentos realizados com foco em energia limpa ultrapassamos a marca de US$ 500 bilhões. Todas as fontes renováveis responderam por US$ 303,5 bilhões. Além disso, os veículos elétricos e postos de recarga contribuíram com  outros US$ 139 bilhões.

A recuperação dos investimentos em energia solar foi um dos grandes destaques da Bloomberg. Mesmo com a queda de cerca de 12% nos primeiros 6 meses de 2020 – pico da pandemia, os investimentos retornaram em grande estilo. Simultaneamente, os preços dos módulos fotovoltaicos podem reduzir cerca de 10% em 2021, reduzindo de US$ 0,20 para US$ 0,18 por watt.

Investimentos em baterias podem ser a próxima onda

Cerca de US$ 3,6 bilhões foram realizados em armazenagem de energia em 2020. Somente a China desenvolveu 544,3MW de projetos de armazenagem em 2020 – crescimento de 157%! Os EUA não ficam para trás e inauguraram recentemente o maior projeto de armazenagem de energia do mundo na California e investiu cerca de US$ 1,2 bilhões no tema em 2020.

Investimentos no Brasil também devem crescer

A capacidade de geração solar também deve crescer no Brasil em 2021. A Absolar estima investimentos superiores a R$ 22,6 bilhões para uma nova capacidade instalada de 7,46GW. Nesse sentido, os investimentos representariam um crescimento de cerca de 68% da energia solar no país, incluindo usinas de grande porte (“geração centralizada”) e sistemas distribuídos de pequeno porte.

No entanto, o grande crescimento deve vir da geração distribuída. Estima-se 90% de crescimento, saltando dos atuais 4,4GW para 8,3GW. Os investimentos devem corresponder a R$ 17,2 bilhões. Os grandes projetos também devem crescer, mas a taxas de 37%, saindo dos atuais 3,1GW para 4,2GW.

Por fim, um ponto de destaque do estudo da Absolar é o potencial de geração de mais de 147 mil novos empregos no país em 2021, chegando a um total acumulado de 377 mil postos de trabalho criados desde 2012.

Você pode gostar também