Recuperação do consumo de energia elétrica pode indicar que a crise ficou para trás

O consumo de energia elétrica é um importante termômetro da economia. Depois de uma grave febre durante os meses de abril e maio, vemos uma positiva recuperação em junho e julho e uma expectativa de normalização nos meses a seguir.

O consumo de energia elétrica é considerado um importante termômetro da situação econômica do país. As quedas de dois dígitos no consumo de energia elétrica durante os meses de abril e maio de 2020 apontaram o estágio febril mais grave da crise econômica causada pela pandemia, conforme levantamento da CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica).

Em julho, o consumo de energia elétrica ficou apenas 0,7% inferior ao mesmo período do ano anterior. O que nos indica uma recuperação da economia e que provavelmente o pior da crise ficou para trás.

 

 

Recuperação do consumo de energia elétrica com velocidades diferentes

No entanto, notamos que a velocidade de recuperação varia entre os diversos setores produtivos e as diferentes regiões geográficas. Dentre os setores que ainda estão distante de uma plena recuperação, destacam-se a indústria automobilísticas na Bahia que ainda apresenta um consumo 22% inferior. A indústria têxtil também acusa o baque da crise com queda de 26% e 27% no Ceará e Rio Grande do Norte, respectivamente. Por outro lado, o setor de saneamento parece passar incólume pela pandemia, com crescimento de dois dígitos de consumo de energia elétrica ao longo dos últimos 12 meses. Em julho, o setor de saneamento consumiu 35,1% mais energia que no mesmo mês de 2019.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No entanto, a percepção na fila do pão é que a recuperação ainda é distante

No ambiente de contratação regulada, que concentra a grande maioria dos consumidores residenciais e comerciais de menor porte, a recuperação está levemente pior. O consumo de julho ainda está 1,9% inferior, refletindo o isolamento social e queda de renda de grande parte da população brasileira. Além disso, a recuperação mostra-se bastante diferente entre as regiões geográficas, onde tem-se a região norte com aumento de 5% do consumo e ao mesmo tempo, a região sul com queda de 7,3% do consumo.

 

 

 

Oportunidade para novos modelos e novas startups

Apesar da crise e da forte redução de consumo de energia elétrica, empresas inovadoras continuam confiando na recuperação da economia e investindo no país. A SUNWISE, empresa especializada em energia solar, oferece uma solução inovadora de energia solar compartilhada. Todos as residenciais, as pequenas e médias empresas do comércio, e até mesmo, pequenas indústrias, poderão se usufruir das fazendas solares da SUNWISE para economizar na sua conta de luz, sem a necessidade de fazer nenhum investimento. Essa solução já está disponível no estado de Minas Gerais e deve ser apresentada em outros estados do sudeste até o final de 2020.

 

 

 

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes