Europa aproveitará estímulos verdes para tornar prédios mais sustentáveis

União Européia deve acelerar investimentos para renovação de prédios para torná-los mais sustentáveis, incluindo iniciativas de eficiência energética e geração solar distribuída

A União Européia deve pisar fundo e acelerar o processo de renovação e reforma de prédios na próxima década. E mais, a expectativa é economizar mais energia e atender metas mais restritivas de mudanças climáticas.

 

Exemplo de planejamento urbano para prédios sustentáveis

A estratégia “Renovation Wave”, em tradução livre de “Onda de Renovação”, deve ser anunciada hoje. O plano para acelerar a reforma e a melhoria de mais de 200 milhões de prédios existentes, incluindo soluções de isolamento térmico, mudanças de equipamentos de aquecimento, soluções de geração de energia solar distribuída, dentre outras, deve custar aproximadamente 300 bilhões de euros por ano, de acordo com os documentos iniciais da UE.

De fato, o financiamento será feito através do programa de recuperação econômica e diversos instrumentos de apoio, incluindo incentivos para investimentos privados.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

As edificações respondem por mais de 1/3 das emissões da União Européia. Nesse sentido, a maior eficiência energética é um pré-requisito para a Europa atingir seus objetivos. Isto é, tornar-se o primeiro continente do mundo “carbono-zero” até a metade desse século. Além disso, a renovação e a melhoria de prédios e edifícios, residenciais e comerciais, são uma excelente oportunidade de:
  1.  reduzir as emissões
  2. incentivar crescimento econômico
  3. melhorar as condições de vida e saúde da população

De fato, a Europa já apresenta uma taxa anual de 1% de renovação de seus prédios. No entanto, o intuito agora é acelerar e dobrar essa taxa para 2% ao ano. Isso representará 35 milhões de prédios renovados nos próximos 10 anos e criará 160.000 empregos verdes. Prédios públicos e hospitais são prioritários nesse programa.

Prédios sustentáveis traduzem a arquitetura urbana moderna

Os prédios sustentáveis são grande tendência da arquitetura moderna. Em suma, os prédios sustentáveis são pilares do conceito de cidades inteligentes que norteiam novos modelos de urbanização. Cidades como por exemplo, Cingapura e Barcelona, destacam-se na velocidade e intensidade dessa transição.

No Brasil, observamos um crescente interesse pelo tema. Cada vez mais síndicos e administradores de condomínios estão buscando soluções de maior eficiência no uso de recursos naturais, como energia elétrica, energia térmica, água, gás natural, além de soluções de geração própria de energia solar ou até mesmo, soluções de energia solar por assinatura.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes