Viajar na pandemia: recomendações, destinos no Brasil e no exterior

Você ainda tem dúvidas sobre viajar durante o ano? Confira as orientações da OMS e dicas de destinos para aproveitar a viagem com cuidado e segurança.

Viajar na pandemia se tornou um assunto polêmico nos noticiários e nas redes sociais. Ao mesmo tempo que alguns destinos no Brasil e no exterior voltaram a receber turistas, ainda pairam muitas dúvidas no ar sobre as recomendações de saúde, regras e restrições de cada lugar e se é seguro viajar agora.

Pensando neste momento em que o setor do turismo retoma, aos poucos, as suas atividades, o DCI preparou este artigo para auxiliar quem vai viajar a lazer e quais os cuidados que devem ser tomados.

Viajar na pandemia: desafios até a vacina chegar

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

viagem na pandemia cuidados e dicas de saúde
Reprodução / Unplash

 

Todos nós sabemos que o setor do turismo foi um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19. E, para quem ama colocar o pé na estrada para desbravar outros mundos, foi um choque acompanhar as fronteiras internacionais sendo fechadas e as centenas de milhares de voos sendo cancelados.

No entanto, as restrições de viagens na pandemia começam a ser retiradas em um processo lento e gradual após meses de isolamento social. Isso significa um respiro para os amantes de viagens? Sim! Porém, viajar na pandemia exige de todos uma série de cuidados que não pode ser negligenciada.

Além do mais, enquanto a vacina não chegar, saiba que a dinâmica de viagens na pandemia continuará envolta de desafios, restrições e mudanças de acordo com cada destino. Ou seja, nada impede que países e cidades fechem novamente as fronteiras para controlar a disseminação do coronavírus.

Por isso é bom entender as recomendações das autoridades de saúde, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde; e de aviação, como a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Logo, veja abaixo as orientações.

Recomendações para viajar de avião na pandemia

viagem na pandemia desafios
Reprodução / Unplash

Uso correto de máscara

De agora em diante, os itens obrigatórios para qualquer viagem de avião são, além dos documentos pessoais, a máscara de proteção. Seja na hora do embarque, durante o voo ou no desembarque, você precisa utilizá-la sempre para evitar o contágio. Essa é a recomendação da OMS e também da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para garantir uma viagem mais segura.

Álcool em gel

O uso do álcool em gel também não é novidade para ninguém. Porém, a dúvida recorrente é se ele é permitido durante a viagem aérea. De acordo com a ANAC, é preciso estar atento às regras de transporte.

Cada pessoa tem o direito de carregar, na bagagem de mão, não mais do que 500 ml em um recipiente fechado. Já para as viagens internacionais, os fracos de álcool em gel devem ser de plástico transparente e com capacidade máxima de 100ml.

Check-in pela internet

Chegou a hora da tão esperada viagem após sete meses de quarentena. Logo, faça o check-in antecipado pela internet para viajar na pandemia de avião. Assim você evitar contato com as máquinas de auto check-in nos aeroportos e contato com os funcionários da companhia aérea.

Quarentena depois da viagem

Nós sabemos que essa medida pode não fazer sentido para muita gente que decide viajar na pandemia a lazer. No entanto, a OMS diz que os viajantes devem se automonitorar quanto ao possível aparecimento de sintomas nos 14 dias após o desembarque.

Então, tente manter o máximo de afastamento possível durante a viagem e dê preferência a horários alternativos ao visitar um ponto turístico.

Além dessas dicas, fique atento para não se esquecer de outras tão importantes quanto:

  • Faça a higienização das mãos sempre que possível
  • Da mesma forma, mantenha o distanciamento social: de 2 metros entre os passageiros em filas e espaços comuns
  • Respeite os assentos bloqueados e marcações no chão do aeroporto
  • Ademais, evite aglomerações em praças de alimentação ou no momento do desembarque
  • Depois do pouso, só levante do assento quando for autorizado
  • Se possível, dê preferência a destinos mais próximos

Cabe ressaltar, segundo a ANAC, que as aeronaves da frota brasileira possuem um sistema de filtragem que renova o ar a cada 3 minutos e que captura 99% das partículas no ar. Então fique tranquilo, mas continue usando a máscara, ok?

Viajar na pandemia: de carro

cuidados ao viajar na pandemia de carro
Reprodução / Unplash

Sem dúvida, viajar na pandemia de carro é mais seguro. Afinal, o contato com outras pessoas é bem menor do que dentro do avião. Mesmo assim, é bom ficar atento para alguns cuidados essenciais como:

  • Em primeiro lugar, higienize sempre com álcool em gel o volante, painéis e outras superfícies de contato
  • Utilize a máscara mesmo dentro do carro
  • Evite viajar com mais de quatro pessoas
  • Prefira destinos de distâncias curtas para evitar muitas paradas ao longo do trajeto
  • Se possível, pague as despesas sempre com o cartão de crédito ou pelo celular
  • Tenha sempre álcool em gel à disposição
  • Por fim, após utilizar o banheiro durante as paradas, lave sempre as mãos

Para onde viajar na pandemia?

Agora que você avaliou as recomendações das autoridades de saúde e os desafios para manter uma viagem segura na pandemia, chegou o momento de avaliar o destino. Antes de tudo, procure se informar sobre o local e a situação da pandemia na região.

Isso porque é bom evitar destinos turísticos onde a curva de contágio continua em alta. Também tente escolher atrações mais afastadas, como alguma praia paradisíaca no Brasil ou destinos de ecoturismo.

Por último, outra dica valiosa é escolher uma hospedagem que segue todos os protocolos de higiene e segurança em relação ao coronavírus.

Destinos nacionais

destinos no brasil para viagens na pandemia
Reprodução / Unplash

Com certeza, a pandemia disparou a procura por destinos dentro do Brasil. Sendo assim, confira a lista de lugares para viajar na pandemia e valorizar as belezas naturais do país.

Porto de Galinhas – Pernambuco

As praias estão abertas das 4h 16h e o uso de máscara é obrigatório. Você também consegue aproveitar os quiosques, barracas e restaurantes da região (estes ficam aberto até às 22h).

Rio de Janeiro

Banhos de sol estão proibidos nas praias da capital fluminense, embora a população não esteja seguindo à risca. Além disso, as atrações como o Cristo Redentor, Pão de Açúcar e Museu do Amanhã já estão funcionando.

Jericoacoara – Ceará

Enfim a vila já voltou a receber turistas. Assim como os passeios estão liberados.

Lençóis Maranhenses – Maranhão

Atual point de celebridades, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses foi reaberto no início de julho.

Fernando de Noronha – Pernambuco

Desde o dia 10 de outubro, a ilha passou a receber turistas que tiveram o teste PCR negativo para a Covid-19.

Viagem na pandemia: destinos internacionais

destinos internacionais viajar na pandemia
Reprodução / Unplash

Se você pensa em viajar na pandemia para algum destino internacional, saiba que alguns países não exigem visto. Dessa forma, é possível evitar burocracias e curtir mais rápida a viagem.

No entanto, a OMS recomenda evitar viagens internacionais no momento. A não ser, é claro, que elas sejam por questões de saúde, profissionais ou familiares.

Argentina

A partir de 30 de outubro a Argentina vai reabrir as fronteiras para os brasileiros. Porém, é preciso apresentar um teste PCR negativo para a Covid-19 três dias antes do embarque.

Maldivas

Sem dúvida, as Ilhas Maldivas são o sonho de consumo de muitos viajantes. Saiba, então, que ela reabriu as fronteiras para o Brasil.

Bahamas

Primeiramente, o turista precisa preencher um questionário oficial disponível no site oficial de turismo do país e ainda anexar um teste PCR negativo para a Covid-19.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes