Veja como vai ser feriado de Carnaval 2021 em SP e no RJ

O ano será atípico sem a celebração da festa brasileira mais querida por todos: o Carnaval. Veja como vai funcionar o feriado em 2021 nas principais capitais do país.

O ano de 2021 vai ser atípico. Apesar da torcida e esperança que fosse diferente de 2020, a pandemia do novo coronavírus continua sendo um problema mundial.  Com isso, diversas cidades do Brasil deixarão de adotar o tradicional feriado de carnaval 2021, entre elas, São Paulo e Rio de Janeiro.

A ausência da comemoração do feriado, como os desfiles das escolas de samba que acontecem anualmente nos sambódromos do Anhembi e Sapucaí, e os blocos de rua que ocupam grandes avenidas das capitais com milhares de pessoas, já era algo esperado pelos brasileiros. No entanto, a decisão de manter o ponto facultativo e o feriado é de cada cidade.

Vai ter o feriado do Carnaval em 2021 em São Paulo?

feriado carnaval 2021
São Paulo, bloco, carnaval, mais saúde,( Foto: agência Brasil)

Em todo o estado de São Paulo não haverá ponto facultativo do carnaval. A Informação foi confirmada pelo próprio governador João Doria (PSDB) que afirmou que a decisão é uma recomendação do Centro de Contingência e deve manter sob controle a expansão da pandemia.

O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, reforçou que as prefeituras têm autonomia para tomar a decisão de manter ou não o feriado, mas orientou que sigam a recomendação do governo estadual. “A Prefeitura de São Paulo já tomou essa decisão, e a nossa recomendação é que sigam essa prerrogativa da ciência de medicina”, disse o secretário.

Leia também

Covid-19: Veja quais cidades entraram lockdown no Brasil

Enchente no Acre: veja a situação atualizada e saiba como…

Carnaval no Rio de Janeiro em 2021

Haverá ponto facultativo na cidade do Rio de Janeiro apenas na terça-feira, 16 de fevereiro, data em que seria comemorado a tradicional terça de Carnaval. Segundo a prefeitura, os outros dias serão normais. Já o comércio da capital fluminense funcionará normalmente durante a data, e o comércio de ambulantes está proibido de circular.

- PUBLICIDADE -

Eduardo Paes (DEM-RJ), atual prefeito do Rio, reforçou o combate à aglomeração de pessoas, principal causa de disseminação da Covid-19. Entre os dias 12 a 22 de fevereiro, passa valer um decreto que proíbe a entrada de ônibus e veículos fretados na cidade, blocos de rua e aglomerações clandestinas aconteçam na cidade. A exceção acontece apenas para os transportes que prestam serviços regulares para empresas de turismo e hotéis.

Nova data

Em julho de 2020 as prefeituras de Rio de Janeiro e São Paulo anunciaram o adiamento dos desfiles das escolas de samba. Bruno Covas (PSDB), prefeito reeleito da capital paulista, disse na época que o governo estava pensando em uma nova data para a festa que incluí também os blocos de rua.

A cidade de Salvador, na Bahia, que também é referência quando se trata de Carnaval, seguiu os mesmos passos de São Paulo e Rio e disse que o planejamento das comemorações aconteceria em julho, uma previsão que caminhou com o cronograma de vacinação em todo país. Mas a permanência da Covid-19 fez com que os planos fossem por água abaixo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes