Veja como vai ser feriado de Carnaval 2021 em SP e no RJ

O ano de 2021 vai ser atípico. Apesar da torcida e esperança que fosse diferente de 2020, a pandemia do novo coronavírus continua sendo um problema mundial.  Com isso, diversas cidades do Brasil deixarão de adotar o tradicional feriado de carnaval 2021, entre elas, São Paulo e Rio de Janeiro.

A ausência da comemoração do feriado, como os desfiles das escolas de samba que acontecem anualmente nos sambódromos do Anhembi e Sapucaí, e os blocos de rua que ocupam grandes avenidas das capitais com milhares de pessoas, já era algo esperado pelos brasileiros. No entanto, a decisão de manter o ponto facultativo e o feriado é de cada cidade.

Vai ter o feriado do Carnaval em 2021 em São Paulo?

São Paulo, bloco, carnaval, mais saúde,( Foto: agência Brasil)

Em todo o estado de São Paulo não haverá ponto facultativo do carnaval. A Informação foi confirmada pelo próprio governador João Doria (PSDB) que afirmou que a decisão é uma recomendação do Centro de Contingência e deve manter sob controle a expansão da pandemia.

O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, reforçou que as prefeituras têm autonomia para tomar a decisão de manter ou não o feriado, mas orientou que sigam a recomendação do governo estadual. “A Prefeitura de São Paulo já tomou essa decisão, e a nossa recomendação é que sigam essa prerrogativa da ciência de medicina”, disse o secretário.

Carnaval no Rio de Janeiro em 2021

Haverá ponto facultativo na cidade do Rio de Janeiro apenas na terça-feira, 16 de fevereiro, data em que seria comemorado a tradicional terça de Carnaval. Segundo a prefeitura, os outros dias serão normais. Já o comércio da capital fluminense funcionará normalmente durante a data, e o comércio de ambulantes está proibido de circular.

- PUBLICIDADE -

Eduardo Paes (DEM-RJ), atual prefeito do Rio, reforçou o combate à aglomeração de pessoas, principal causa de disseminação da Covid-19. Entre os dias 12 a 22 de fevereiro, passa valer um decreto que proíbe a entrada de ônibus e veículos fretados na cidade, blocos de rua e aglomerações clandestinas aconteçam na cidade. A exceção acontece apenas para os transportes que prestam serviços regulares para empresas de turismo e hotéis.

Nova data

Em julho de 2020 as prefeituras de Rio de Janeiro e São Paulo anunciaram o adiamento dos desfiles das escolas de samba. Bruno Covas (PSDB), prefeito reeleito da capital paulista, disse na época que o governo estava pensando em uma nova data para a festa que incluí também os blocos de rua.

A cidade de Salvador, na Bahia, que também é referência quando se trata de Carnaval, seguiu os mesmos passos de São Paulo e Rio e disse que o planejamento das comemorações aconteceria em julho, uma previsão que caminhou com o cronograma de vacinação em todo país. Mas a permanência da Covid-19 fez com que os planos fossem por água abaixo.

Carnaval
Comentários (0)
Comentar