Eleições 2020: Datafolha aponta Covas com 23%; Russomanno, 20%; e Boulos, 14%

Eleições 2020 – O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, Bruno Covas, cresceu 3 pontos na preferência do eleitorado e acirrou a disputa pela Prefeitura de São Paulo, de acordo com o Datafolha. Com 23% das intenções de voto, o tucano agora está tecnicamente empatado com Celso Russomanno (Republicanos), que tem 20% – queda de 7 pontos em relação ao início do mês.  A pesquisa foi divulgada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de São Paulo” nesta quinta-feira (22).

Como a pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais, o resultado é considerado empate técnico.

Confira a pesquisa anterior do Ibope, divulgada em 3 de outubro.

Intenção de voto para a Prefeitura de SP nas Eleições 2020:

- PUBLICIDADE -

 

Rejeição dos candidatos à prefeitura de SP

A pesquisa também perguntou aos eleitores em quem eles não votariam de jeito nenhum. Neste quesito, Celso Russomano lidera a pesquisa (38%), seguido por Joice Hasselmann (33%) e Levy Fidelix (26%). Veja os percentuais de todos os candidatos:

  • Celso Russomanno: 38%
  • Joice Hasselmann: 33%
  • Levy Fidelix: 26%
  • Bruno Covas: 25%
  • Guilherme Boulos: 24%
  • Jilmar Tatto: 23%
  • Filipe Sabará: 21%
  • Vera Lúcia: 20%
  • Arthur do Val: 20%
  • Orlando Silva: 19%
  • Márcio França: 16%
  • Antonio Carlos Silva: 15%
  • Marina Helou: 15%
  • Andrea Matarazzo: 14%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 5%
  • Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
  • Não sabe: 4%

Os entrevistados podiam apontar mais de uma resposta, por isso a soma dos fatores apontados é de mais de 100%.

Como funciona a pesquisa?

A margem de erro é 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidos 1204 eleitores da cidade de São Paulo entre os dias 20 e 21 de outubro. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Número de identificação na Justiça Eleitoral: SP-09520/2020

- PUBLICIDADE -

Quando serão as eleições 2020?

O primeiro turno das eleições será no dia 15 de novembro. Nos locais em que houver segundo turno, a data é o dia 29 de novembro.

O horário de votação foi ampliado por conta da pandemia da Covid-19. Os eleitores poderão comparecer às urnas de 7h às 17h. Importante destacar que o horário entre 7h e 10h é preferencial, para pessoas acima de 60 anos.

No dia da eleição, leve um documento oficial com foto: carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação.

Comentários (0)
Comentar