Facebook denuncia Manipulação de Campanha Eleitoral pró-Trump

Próximo das eleições presidenciais, rede de manipulação de eleitores pró-Trump é desmantelada por Facebook

A corrida pela presidência nos Estados Unidos está se aproximando de sua reta final. Faltando apenas 25 dias para as eleições presidenciais, o Facebook desmantelou uma rede de manipulação de campanha eleitoral favorável ao candidato e atual presidente americano, Donald Trump.

De acordo com a plataforma, a operação foi orquestrada pela empresa de consultora de marketing, Rally Forge. Dessa forma a manipulação de campanha eleitoral consistia em fazer comentários criticando o candidato democrata Joe Biden, oponente de Trump.

 

Manipulação Eleitoral

A prática de manipulação de campanhas eleitorais não é uma tática recente. No entanto, com a ascensão das redes sociais, conteúdos fraudulentos tem maior alcance.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Assim, campanha foi detectada inicialmente pelo jornal americano The Washington Post. Este, por sua vez, identificou cerca de 200 perfis e 55 páginas ativas no Facebook, disparando esse tipo de conteúdo.  Além disso, outras 76 contas no Instagram estavam veiculadas à operação.

Desse modo, mais de 370 mil pessoas estavam associadas a pelo menos uma destas páginas, interagindo com as postagens. A ideia era passar a impressão de que Trump tem apoio popular nas redes, de maneira a influenciar o eleitorado estadunidense.

Com isso, o Facebook frisa que “operações enganadoras como estas representam desafios particularmente complexos porque confundem as linhas entre debate público e manipulação”.

Por isso, o foco da manipulação campanha eleitoral era implantar as ideias conservadores liberais de Trump nos estados mais suscetíveis.

 

As consequências

Com o objetivo de impedir que seja utilizada como fonte de manipulação de campanha eleitoral, o Facebook baniu da plataforma os perfis e páginas vinculadas à operação.

Segundo eles, “apesar de as pessoas desta operação terem tentado dissimular as suas identidades e a coordenação entre eles”. Dessa forma,  o Facebook também baniu a consultora de marketing Rally Forje. Esta, por sua vez, faz  parte da Turning Point USA, uma organização pró-Trump.

Por fim, vale ressaltar a luta que o Facebook travou para desmantelar estratégias de manipulação de campanha eleitoral a plataforma. Segundo eles, a rede social vem sendo muito utilizada para realizar a manipulação em massa de eleitores.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes