Elon Musk dá passos para unir setor automobilístico e geração de energia

A convergência da indústria automobilística com o setor de geração elétrica está mais próximo. Tesla já tem licença para comercializar energia e avalia interesse de seus clientes de veículos elétricos desejam participar dessa empreitada

O bilionário Elon Musk dá as cartas novamente. Dessa vez, ele abre um novo front na batalha pela supremacia do mercado de veículos elétricos: a energia atrás do volante. Sua empresa Tesla, que vale mais de 330 bilhões de dólares, fez 2 movimentos curiosos recentemente. Primeiramente, adquiriu uma licença para comercialização de energia elétrica para Europa Ocidental. Em seguida, conduziu pesquisas com seus clientes alemães sobre o interesse em serviços para usar a energia das baterias de seus carros elétricos.

Uma nova indústria nascerá da fusão dos veículos elétricos e da geração de eletricidade

Especialistas da indústria comentam que esses movimentos podem redefinir o papel da empresa no setor. A fusão dos setores automobilístico com o setor de distribuição de energia elétrica pode dar passos decisivos na Alemanha.

Além disso, novas fontes de receitas e lucros com a geração e comercialização de eletricidade podem ajudar a Tesla na competição cada vez mais acirrada com as gigantes BMW, Audi, Porsche e Mercedes. Por outro lado, a iniciativa pode abrir novos competidores com as distribuidoras Vattenfall, EnBW, RWE e E.ON.

Tesla já comercializa painéis solares e baterias Powerwall para residências. No entanto, agora parece mirar na venda direta de eletricidade para os consumidores e usar os sistemas de baterias residenciais para prover serviços para a rede elétrica.

 

Algumas pistas do que a Tesla está imaginando para o futuro dos carros elétricos

Algumas das perguntas direcionadas na pesquisa de opinião com seus clientes ajudam a compreender as possíveis intenções da companhia. Questões tais como: (1) O que motivaria você para trocar seu atual distribuidor de energia elétrica?(2) Você compraria as placas solares e baterias da Tesla se você pudesse mudar para uma nova tarifa de energia elétrica da Tesla? e (3) Você permitiria qua a Tesla controlasse o melhor horário para recarga do seu carro elétrico?

Respostas afirmativas permitiriam à Tesla controlar a recarga das baterias em horários com tarifas menores, além de possibilitar usar a eletricidade armazenada nas baterias para balancear a demanda da rede elétrica. Esse serviço para a rede elétrica ganha cada vez mais importância, uma vez que as fontes intermitentes – solar e eólica – ganham cada vez mais espaço na matriz elétrica alemã.

 

Outros movimentos da Tesla na mesma direção

A Tesla realizou nos últimos meses diversos movimentos para reforçar sua capacidade de geração, armazenagem e comercialização de energia elétrica. Em maio, a Tesla buscou licença para prover energia elétrica no Reino Unido. Além disso, a companhia já utiliza plataformas para captação de clientes de suas placas e baterias no mercado Australiano.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A escolha pela Alemanha faz sentido, dado o pioneirismo do país no mercado de energia solar. Além disso, o país se destaca pelo modelo regulatório que favorece a descentralização da geração de energia elétrica. A expansão da capacidade de geração de energia solar pode vir de múltiplos pontos, tais como: suas instalações próprias, pontos de recarga de veículos elétricos, e novas usinas solares e eólicas. De fato, potenciais parcerias estratégicas podem facilitar e acelerar a transformação do setor elétrico imaginado por Elon Musk.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes