Elon Musk dá passos para unir setor automobilístico e geração de energia

A convergência da indústria automobilística com o setor de geração elétrica está mais próximo. Tesla já tem licença para comercializar energia e avalia interesse de seus clientes de veículos elétricos desejam participar dessa empreitada

O bilionário Elon Musk dá as cartas novamente. Dessa vez, ele abre um novo front na batalha pela supremacia do mercado de veículos elétricos: a energia atrás do volante. Sua empresa Tesla, que vale mais de 330 bilhões de dólares, fez 2 movimentos curiosos recentemente. Primeiramente, adquiriu uma licença para comercialização de energia elétrica para Europa Ocidental. Em seguida, conduziu pesquisas com seus clientes alemães sobre o interesse em serviços para usar a energia das baterias de seus carros elétricos.

Uma nova indústria nascerá da fusão dos veículos elétricos e da geração de eletricidade

Especialistas da indústria comentam que esses movimentos podem redefinir o papel da empresa no setor. A fusão dos setores automobilístico com o setor de distribuição de energia elétrica pode dar passos decisivos na Alemanha.

Além disso, novas fontes de receitas e lucros com a geração e comercialização de eletricidade podem ajudar a Tesla na competição cada vez mais acirrada com as gigantes BMW, Audi, Porsche e Mercedes. Por outro lado, a iniciativa pode abrir novos competidores com as distribuidoras Vattenfall, EnBW, RWE e E.ON.

Tesla já comercializa painéis solares e baterias Powerwall para residências. No entanto, agora parece mirar na venda direta de eletricidade para os consumidores e usar os sistemas de baterias residenciais para prover serviços para a rede elétrica.

 

Algumas pistas do que a Tesla está imaginando para o futuro dos carros elétricos

Algumas das perguntas direcionadas na pesquisa de opinião com seus clientes ajudam a compreender as possíveis intenções da companhia. Questões tais como: (1) O que motivaria você para trocar seu atual distribuidor de energia elétrica?(2) Você compraria as placas solares e baterias da Tesla se você pudesse mudar para uma nova tarifa de energia elétrica da Tesla? e (3) Você permitiria qua a Tesla controlasse o melhor horário para recarga do seu carro elétrico?

Respostas afirmativas permitiriam à Tesla controlar a recarga das baterias em horários com tarifas menores, além de possibilitar usar a eletricidade armazenada nas baterias para balancear a demanda da rede elétrica. Esse serviço para a rede elétrica ganha cada vez mais importância, uma vez que as fontes intermitentes – solar e eólica – ganham cada vez mais espaço na matriz elétrica alemã.

 

Outros movimentos da Tesla na mesma direção

A Tesla realizou nos últimos meses diversos movimentos para reforçar sua capacidade de geração, armazenagem e comercialização de energia elétrica. Em maio, a Tesla buscou licença para prover energia elétrica no Reino Unido. Além disso, a companhia já utiliza plataformas para captação de clientes de suas placas e baterias no mercado Australiano.

A escolha pela Alemanha faz sentido, dado o pioneirismo do país no mercado de energia solar. Além disso, o país se destaca pelo modelo regulatório que favorece a descentralização da geração de energia elétrica. A expansão da capacidade de geração de energia solar pode vir de múltiplos pontos, tais como: suas instalações próprias, pontos de recarga de veículos elétricos, e novas usinas solares e eólicas. De fato, potenciais parcerias estratégicas podem facilitar e acelerar a transformação do setor elétrico imaginado por Elon Musk.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.