Importação de painéis solares reforça ciclo de crescimento

Forte movimento de importação de 3,5GW no último trimestre aumenta a aposta em um crescimento de 15% a 20% do setor em 2020, mesmo com pandemia e cambio desvalorizado

A pandemia produziu graves impactos econômicos e alguns sinais positivos apontam para uma forte recuperação de alguns setores. Dentre eles, destaca-se o setor de energia solar que atingiu recentemente a importante marca de 7GW de capacidade instalada e movimentou forte recuperação das importações dos painéis solares fotovoltaicos.

Importações indicam recuperação robusta

Somente no último trimestre, a importação de painéis solares chegou a cerca de 3,5GW. Nesse sentido, a expectativa é fechar o ano com um crescimento da importação de módulos fotovoltaicos de 15% a 20%.

Cambio desfavorável dificulta, mas não impede crescimento

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Esse crescimento acontece mesmo com o cambio desfavorável. O real, nossa moeda, sofreu uma desvalorização de cerca de 25% nos últimos 12 meses. E mais, chegou até quase 40% de desvalorização durante o segundo trimestre. De fato, as importações provenientes da China, que domina cerca de 95% do mercado mundial de módulos fotovoltaicos, tornam-se mais caras devido a moeda local desvalorizada.

Redução do imposto de importação ainda será importante

Recentemente, o governo brasileiro zerou o imposto de importação para equipamentos solares, incluindo painéis solares e inversores, o que deve impulsionar ainda mais o mercado de energia solar no país.

A redução do custo ainda não chegou ao consumidor. Isto porque foi estabelecido um valor para ganhar esse benefício. Porém, conforme a economia e o câmbio voltarem ao normal, a medida deverá estimular a criação de novos projetos tanto residenciais quanto empresariais.

Competitividade de custos da energia solar justifica o crescimento ao redor do mundo

Muitos consumidores já perceberam que a energia solar é competitiva em custos em diversas regiões do planeta. Inclusive no Brasil, a geração solar distribuída ultrapassou a importante marca de 4GW. Nesse sentido, são mais de 425 mil consumidores que estão economizando nas suas contas de luz devido a energia solar. Milhares de residências, comércios e indústrias já conseguem inclusive adotar energia solar por assinatura. Isto é, o consumidor consegue gerar sua própria energia, sem investir e sem dor de cabeça. Ele aluga um lote de uma fazenda solar e obtém economias na sua conta de luz e no seu bolso.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes