Bilionários da Forbes: descubra os setores que mais geram riqueza no Brasil

Setor financeiro e de investimentos é o setor com maior número de bilionários no Brasil, no entanto, setor varejista vem ganhando espaço no mercado.

A lista de bilionários da Forbes no Brasil em 2020 trouxe muitas novidades, entre elas, novos nomes, novos cifrões e novos segmentos para se apostar.

Assim, o ranking aponta para 238 bilionários brasileiros distribuídos em 18 segmentos diferentes. No entanto, os segmentos que geram maior riqueza no país são o setor financeiro e de investimento, constituindo 25,8% dos rendimentos. Só no top 10, por exemplo, são seis empresários com fortunas originárias desse ramo.

Contudo, foi o setor varejista que ganhou um destaque especial neste ano, tendo 11,3% dos bilionários atuantes no ramo. Desse modo, o varejo emplacou três empresários da área na lista dos 10 mais ricos do Brasil.

 

Bilionários e seus Segmentos

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

  • Financeiro e investimento: 25,8%
  • Alimentos e bebidas: 16,8%
  • Moda, varejo e atacado: 11,3%
  • Indústria: 7,2%
  • Saúde: 5,5%
  • Agronegócio: 5,4%
  • Tecnologia e Telecom: 4,7%
  • Diversos: 4,1%
  • Cosméticos: 3,7%
  • Mídia: 2,4%
  • Papel e celulose: 2,3%
  • Construção e setor imobiliário: 2,3%
  • Energia: 2,2% Educação: 1,6%
  • Aviação e transporte: 1,5%
  • Farmácias: 1,4%
  • Infraestrutura e logística: 0,7%
  • Seguros: 0,7%
  • Bens de consumo: 0,6%

 

Top 10 Bilionários da Forbes e seus segmentos

Bilionários da Forbes
Imagem: Reprodução / Infomoney

 

De fato, a lista de bilionários do Brasil 2020, publicada pela Forbes, trouxe muitas mudanças para o cenário econômico brasileiro. O banqueiro Joseph Safra, por exemplo, tirou Jorge Paulo Lemann da primeira posição, a qual ocupava invicto desde 2013.

Além disso, Luiza Trajano, desbancou Miriam Voigt, tornando-se a mulher mais rica do Brasil ao entrar na lista dos bilionários da Forbes 2020. Assim, a empresária juntamente com Ilson Mateus e Luciano Hang mostraram o força e o potencial do setor varejista no mercado brasileiro.

Desse modo, confira o Top 10 bilionários brasileiros, o valor estimado de seus patrimônios e o setor no qual atuam.

  1. Joseph Safra – Patrimônio: R$ 119 bilhões – Setor Financeiro
  2. Jorge Paulo Lemann – Patrimônio: R$ 91 bilhões – Bebidas e Investimentos
  3. Eduardo Saverin – Patrimônio: R$ 68 bilhões – Investimentos e Internet
  4. Marcel Telles – Patrimônio: R$ 54 bilhões – Bebidas e Investimentos
  5. Carlos Alberto Sicupira e família – Patrimônio: R$ 42,6 bilhões – Bebidas e Investimentos
  6. Alexandre Behring  – Patrimônio: R$ 34,3 bilhões – Investimentos
  7. André Esteves – Patrimônio: R$ 24,9 bilhões – Setor Financeiro
  8. Luiza Trajano – Patrimônio: R$ 24 bilhões – Varejo
  9. Ilson Mateus – Patrimônio: R$ 20 bilhões – Varejo
  10. Luciano Hang – Patrimônio: R$ 18,7 bilhões – Varejo

 

Varejo emplaca lista de Bilionários da Forbes

Bilionários da Forbes
Imagem: Reprodução / Poder 360

 

No ano passado, não havia nenhum empresário do segmento varejista no Top 10 bilionários da Forbes. No entanto, 2020 veio para mudar essa dado.

Devido as transformações no cenário econômico mundial causados pela pandemia, o perfil do consumidor sofreu alterações. Em contrapartida, o varejo cresceu positivamente, de forma que trouxe 3 nomes para o ranking de mais ricos do país.

Desse modo, lojas como a Magazine Luiza, que já investiam fortemente em vendas online, tiveram um impacto bastante positivo. Assim, Luiza Trajano, proprietária da MagaLu viu seu patrimônio crescer em 181% em um ano. Em 2019, a empresária ocupava a 24ª posição na lista de bilionários da Forbes, subindo então 18 posições.

Além de Luíza, Ilson Mateus e Luciano Hang foram os dois outros nomes de destaque no cenário varejista. Embora nenhum dos dois tenha focado no mercado digital, ambos resolveram aproveitar o bom momento de suas empresas para abrir o capital na bolsa.

Assim, com essa sacada, os bilionários pretendem aumentar seus patrimônios e subir mais algumas posições no ranking no próximo ano.

Com 11,3% de bilionários atuantes na área, nomes como o dos herdeiros e acionistas das Casas Pernambucanas, Lojas Cem, Riachuelo, Tok&Stok e Vivara, também aparecem entre os 238 bilionários da Forbes.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes