Eleições 2020: saiba qual é o partido dos candidatos a prefeito de SP

Ao todo são 33 partidos políticos registrados no TSE, 14 destes representam candidatos que disputam a prefeitura da capital paulista

As eleições 2020 acontecerão dia 15 de novembro, e 29 de novembro caso alguma disputa vá para segundo turno. Cada candidato é representado por um partido, cujo os projetos e propostas para o município estão alinhados. Na capital paulista são 14 candidaturas, destas, 13 foram deferidas e uma recorrerá o indeferimento.

O Jornal DCI organizou uma lista com o nome dos candidatos e seus devidos partidos, assim como algumas informações básicas das organizações e seus princípios. Confira!

Partidos dos candidatos à Prefeitura de SP – Eleições 2020

Partido político é uma organização de pessoas com o mesmo interesse e ideais sociais que unem forças e estratégias para disputar eleições democráticas, conquistar cargos e, assim, executar seus projetos. No Brasil há 33 desses, devidamente registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Para que o eleitor vote conscientemente, é preciso conhecer os partidos de cada candidato. Então, veja qual é o partido dos candidatos a prefeito em SP e alguns dos seus princípios e histórico breve!

1. Andrea Matarazzo do PSD

Foto mostra o candidato Andrea Matarazzo
Andrea Matarazzo (Foto: Folhapress)

De acordo com o TSE, o Partido Social Democrático (PSD) possuía 406.544 filiados em setembro de 2020. O partido nasceu em 2011 e, atualmente, seu presidente nacional é Gilberto Kassab.

O número do PSD é o 55, seus princípio se baseiam na defesa das liberdades de expressão e opinião e direito do cidadão à informação. Contra censura, controle, restrição ou regulamentação da mídia.

Veja algumas das propostas de Andrea Matarazzo para as eleições 2020!

2. Antônio Carlos do PCO

Foto mostra Antônio Carlos em um comício
Antônio Carlos (Foto: PCO Reprodução)

O Partido da Causa Operária (PCO) é considerado de extrema-esquerda. Filiados ao PT, estão ativos desde 1995. Seu número é o 29 e o atual presidente nacional é Rui Costa Pimenta.

Sobre seus valores, o PCO tem a seguinte chamada: “Faça parte da luta contra o fascismo e contra o Golpe de Estado no Brasil. Venha para um partido verdadeiramente revolucionário e comunista. Por um governo dos trabalhadores, por um Estado operário, filie-se ao PCO!”

Veja algumas das propostas de Antônio Carlos para as eleições 2020!

3. Arthur do Val Mamãe Falei do PATRIOTA

Foto mostra candidato à prefeitura de São Paulo, Arthur do Val "Mamãe Falei" sobre as eleições 2020
Arthur do Val “Mamãe Falei” (Foto: Agência Brasil)

O partido PATRIOTA possuía em setembro de 2020 cerca de 331.668 filiados, segundo o TSE. Quando registrado em 2012, a organização tinha outro nome, Partido Ecológico Nacional (PEN), efetivando a mudança em 2018. Seu número é o 51 e o atual presidente nacional é Adilson Barroso Oliveira.

Nas últimas eleições presidenciais, o PATRIOTA apoiaria o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, mas diante de algumas circunstâncias, anunciou a pré-candidatura do ex-bombeiro e deputado Cabo Daciolo à presidência.

Veja algumas das propostas de Arthur do Val Mamãe Falei para as eleições 2020!

4. Bruno Covas do PSDB

Bruno Covas lidera pesquisa sobre intenções de votos nas Eleições 2020 SP
Bruno Covas. (Foto: Reprodução / Agência Brasil)

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)  foi fundado em 1988 pelo ex-governador de SP Mario Covas. Seus membros e filiados são chamados de tucanos pelo símbolo do partido.

De acordo com o TSE, o PSDB possuía 1.379.112 filiados em setembro de 2020. Seu número é o 45 e o atual presidente nacional é Bruno Cavalcanti de Araújo. O partido é considerado de centro.

Veja algumas das propostas de Bruno Covas para as eleições 2020!

5. Celso Russomanno do REPUBLICANOS

Foto mostra Celso Russomano
Celso Russomano (Foto: Silvia/Constanti Folhapress)

O REPUBLICANOS foi criado em 2003, mas registrado oficialmente em 2005, com o nome Partido Municipalista Renovador (PMR). Em 2006 mudou para Partido Republicano Brasileiro (PRB) e, em 2019, para o nome atual. Seu número é o 10  e o atual presidente nacional é Marcos Antonio Pereira.

Sobre seus valores, o Republicanos  destaca ser um movimento político conservador, fundamentado nos valores cristãos, preservadores da soberania nacional, da livre iniciativa e da liberdade econômica.

Veja algumas das propostas de Celso Russomano para as eleições 2020!

6. Guilherme Boulos do PSOL

Foto mostra Guilherme Boulos falando ao microfone.
Guilherme Boulos (Foto: Mídia Ninja)

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) foi fundado em 2004, é considerado de esquerda à extrema-esquerda e defendendo o socialismo democrático. Seu número é  o 50 e o atual presidente nacional é Juliano Medeiros.

Antes de sua criação, os fundadores do PSOL eram associados ao Partido Trabalhista (PT), mas devido algumas divergências de posicionamentos foram expulsos do partido. O partido defende, atualmente, o impeachment do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Veja algumas das propostas de Guilherme Boulos para as eleições 2020!

7. Jilmar Tatto do PT

Foto mostra candidato Jilmar Tatto
Jilmar Tatto (Foto: Filipe Araújo)

O Partido dos Trabalhadores (PT)  foi fundado em 1980, considerado como um movimento de esquerda. O PT esteve no governo da presidência da República desde 2003, com Lula no poder, até 2016, com Dilma Rousseff, que teve o impeachment aprovado pelo Congresso Nacional à época.

Segundo o TSE, o PT possuía em setembro deste ano 1.534.994 filiados. Seu número é o 13 e a atual presidente nacional é Gleisi Helena Hoffmann.

Veja algumas das propostas de Jilmar Tatto para as eleições 2020!

8. Joice Hasselmann do PSL

Foto mostra Joice Hasselman falando ao microfone, de lado.
Joice Hasslemann (Foto: Marcos Correa)

O Partido Social Liberal (PSL) foi fundado em 1994 pelo atual presidente nacional Luciano Caldas Bivar. Seu número é o 17 e, em outubro deste ano, possuía 435.377 filiados, segundo o TSE.

Historicamente, o PSL era considerado um partido ligado ao social-liberalismo, mas, após tornar-se o partido do atual presidente do Brasil, passou a adotar o conservadorismo dos costumes e o liberalismo econômico.

Veja algumas das propostas de Joice Hasselman para as eleições 2020!

9. Levy Fidelix do PRTB

Foto mostra Levy Fidelix, de terno falando ao microfone.
Levy Fidelix (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) foi registrado pelo TSE em 1997, considerado atualmente como um partido de direita. O atual presidente nacional é fundador do partido, e candidato à Prefeitura de SP, José Levy Fidelix da Cruz.

Seu número é o 28 e possuía, em setembro deste ano, 147.426 filiados, segundo TSE. Em 2018, o partido decidiu abrir mão de uma candidatura própria para apoiar a presidência de Jair Bolsonaro.

Veja algumas das propostas de Levy Fidelix para as eleições 2020!

10. Márcio França do PSB

Foto mostra Márcio França
Márcio França (Foto: Reprodução)

O atual Partido Socialista Brasileiro (PSB) foi fundado em 1985, após a redemocratização. É considerado um partido de esquerda que defende as transformações sociais e as liberdades civil e política.

Seu número é o 40 e o presidente nacional é Carlos Roberto Siqueira de Barros. Em 2018, abriu mão de lançar candidatura própria à presidência da República e apoiou Fernando Haddad do PT.

Veja algumas das propostas de Márcio França para as eleições 2020!

11. Marina Helou do REDE

Foto mostra Marina Helou, candidata.
Marina Helou (Foto: Alesp)

O Rede Sustentabilidade foi registrado oficialmente em 2015, fundado pela ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, em 2013. Segundo o TSE, em setembro deste ano o partido possuía 33.323 filiados.

Seu número é o 18 e o atual presidente nacional é Pedro Ivo de Souza Batista. Os membros do partido afirmam que o REDE não é de direita, nem de esquerda e nem do centro, consideram um “partido moderno”.

Veja algumas propostas de Marina Helou para as eleições 2020!

12. Orlando Silva do PC DO B

Foto mostra Orlando Silva, de terno falando ao microfone no congresso nacional.
Orlando Silva (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) foi fundado em 1962, considerado de esquerda, baseado ideologicamente nos princípios do marxismo-leninismo.

Seu número é o 65 e a atual presidente nacional é Luciana Barbosa De Oliveira Santos. Segundo o TSE, em setembro deste ano o partido possuía 416.088 filiados.

Veja algumas das propostas de Orlando Silva para as eleições 2020!

13. Sabará do NOVO

Foto mostra o candidato Filipe Sabará
Filipe Sabará (Foto: Divulgação)

O Partido Novo (NOVO) foi fundado em 2011, mas registrado oficialmente em 2015. Seus princípios estão atrelados às ideias do liberalismo econômico e incentivo ao empreendedorismo. O partido se destacou ao não usar o dinheiro público nas campanhas.

Segundo o TSE, em setembro deste ano o partido possuía 42.158 filiados. Seu número é o 30 e o atual presidente nacional é Eduardo Rodrigo Fernandes Ribeiro.

Na última quinta-feira (21), Sabará foi expulso do NOVO, segundo ele por não pensar como um dos fundadores do partido, João Amoedo. O TSE indeferiu sua candidatura nesta segunda-feira (26) por esse motivo, além da desistência da candidata a vice em sua chapa, Marina Helena. O candidato a prefeito de SP poderá recorrer a decisão, mas terá que convencer o NOVO a aceitá-lo novamente e, ainda, obter uma substituição da candidata a vice.

Veja algumas propostas de Sabará para as eleições 2020!

14. Vera PSTU

 

Foto mostra candidata Vera Lúcia
Vera Lúcia (Foto: Reprodução)

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) foi fundado em 1993, tem ideais socialistas voltado para o marxismo revolucionário e é considerado uma organização de extrema-esquerda. Segundo o TSE, em setembro deste ano o partido possuía 15.815 filiados.

Em 2018, o partido lançou a candidatura de Vera Lucia para presidente da República. Seu número é o 16 e o atual presidente nacional é José Maria Almeida.

Veja algumas propostas de Vera para as eleições 2020!

Para informações adicionais sobre os partidos citados e os demais registrados no TSE, clique aqui.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes