BBB21: Afinal, qual o futuro de Karol Conká no Big Brother Brasil?

Nego Di, Lumena, Projota e Pocah formaram dentro do BBB21 o bloco de sustentação do poder de Karol Conká. Líder do gabinete do ódio e, ao que tudo indica, a próxima indicada ao Supremo Tribunal Federal por Bolsonaro, a rapper curitibana detinha a capacidade de julgamento do comportamento dos participantes da casa mais vigiada do Brasil.

BBB: Nego Di é eliminado com recorde de votos

Sem qualquer contraponto ou mão na consciência, Conká não oferecia aos outros brothers a moderação ou mesmo a imparcialidade que tanto se espera da magistratura. Longe disso, a ferro e fogo despejava sob todos palavras cruéis demais para serem ouvidas rapidamente. Lucas Penteado, Juliette e Carla Inshalá foram alguns dos personagens que sentaram no banco dos réus e sofreram em suas mãos. E olha que cobra não tem braço.

Porém, um de seus comensais da morte foi posto ao pior julgamento: o do público. Sem o poder de mudar a relatoria de seu caso, Nego Di recebeu todo carinho e amor da torcida brasileira que acompanha dia e noite o BBB21. Um fato: marcou história.

Sem somar as abstenções e contabilizando apenas os votos válidos, o povo brasileiro em mais uma festa da democracia apontou para qual o caminho o reality não seguirá nos próximos meses. Ou, pelo menos, 98,76% de chances de não seguir essa direção.

Todos que estão na casa sabem que a eliminação é um importante instrumento de pesquisa de opinião pública. Ou deveriam saber. O paredão é mais eficiente que as falas de Tiago Leifert. Olha que só falta o apresentador desenhar o jogo.

Leia também

BBB21: veja que horas começa Karol Conká no Faustão

Enquete BBB 21: Lumena, Rodolffo ou Fiuk, quem deve sair?

Todavia, as saídas de Kerline e Arcrebiano serviram para fortalecer as narrativas da juíza e de seus conselheiros.
Logo após a saída de seu ex-affer, com quem viveu um tórrido romance de uma noite, a cantora enxugou as lágrimas de crocodilo (com k) e saiu atirando finas palavras impiedosas contra o rapaz. Em um determinado momento, insinuou que o capixaba daria o golpe do baú.

Tudo seguindo seu critério próprio de julgamento. Claro! Seus conselheiros apenas ratificaram a construção da ideia.
Karol Conká é inteligente. Subverte a realidade da forma mais interessante para si. Segue seu próprio julgamento. Não está errada nisso.

- PUBLICIDADE -

Karol Conka, juíza do BBB21?

Antes de mais nada, o programa é um jogo individual onde você se agrupa ao coletivo nas mais diversas histórias que vão se formando ao longo do reality. Vence aquele que se vender melhor, contar a melhor história. É uma longa jornada até o final. Muitas memórias para biografia ainda vão rolar.

É fundamental lembrar que na vigésima edição Felipe Prior foi de um quase ex-bbb a um franco favorito ao título, chegando a protagonizar um paredão que entrou no livro dos recordes.

Mas, mais fundamental ainda, é preciso apresentar sua defesa perante o júri. É ele responsável pelo juízo final. E Karol Conká errou. Errou rude. Errou grosseiro. Ainda sim, é possível pedir perdão pelo vacilo. Somos todos seres errantes, como mais de uma pessoa repetiu nessa edição.

Mesmo sendo jogada no olho do furacão, ainda há tempo dela reverter a seu favor e fazer valer as seis indicações para final do BBB21. Afinal, quem mata é o povo, os participantes do programa só atiram. E público erra como qualquer juiz brasileiro.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes