Publicado em

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) espera terminar a primeira versão do edital de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), entre Ilhéus (BA) e Figueirópolis (TO), em outubro, para enviar ao Tribunal de Contas da União (TCU) e manter o cronograma de fazer o leilão em 2020, afirmou nesta sexta-feira Davi Barreto, diretor do órgão regulador.

Barreto lembrou que o TCU tem 90 dias para dar seu parecer sobre o edital. O leilão só pode ocorrer 100 dias após o lançamento do edital, pelas regras do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI). "Pelo nosso pipeline, o leilão será em 2020", afirmou Barreto, após dar palestra no último dia do Fórum Nacional, organizado pelo economista Raul Velloso, no Rio.

Além da Fiol, a ANTT está trabalhando no desenho do edital da Ferrogrão, linha férrea entre Cuiabá (MT) e Santarém (PA). Segundo Barreto, a ideia é enviar a primeira versão do edital para o TCU ainda este ano.