Publicado em

A equipe de transição do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou a escolha de dois novos diretores para o Banco Central. O economista Bruno Serra Fernandes foi indicado para a Diretoria de Política Monetária e João Manoel Pinho de Mello, para a diretoria de Organização do Sistema Financeiro.

Mello acumula atualmente os cargos de Secretário de Promoção da Produtividade e Advocacia da Concorrência e de Política Monetária do Ministério da Fazenda. Mello possui graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV), mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e PhD em Economia pela Stanford University.

Já Serra Fernandes é responsável pela mesa de renda fixa do banco Itaú Unibanco. É mestre em economia pela Universidade de São Paulo (USP). No Itaú Unibanco, exerceu ainda o cargo de gerência de portfólio na diretoria de Banking e Tesouraria Externas. Teve passagem pelo BankBoston como estrategista de renda fixa nas diretorias de Asset Liability Management & Treasury e Gestor de Recursos para fundos multimercados.

Os dois vão integrar o time de Roberto Campos Neto, indicado à Presidência do BC. Todos terão que ser sabatinados e ter suas indicações aprovadas pelo Senado Federal.