Publicado em

O faturamento bruto total das empresas de fidelidade somou R$ 6,9 bilhões em 2018, 11,4% acima do obtido no ano anterior. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf).

A associação compilou os resultados de seis de suas associadas: Dotz, Grupo LTM, Multiplus, Netpoints, Smiles e TudoAzul. Conforme a entidade, no ano passado foram resgatados 245 bilhões de pontos e milhas via programas de fidelidade, volume 20,5% superior ao registrado em 2017. No mesmo intervalo, a emissão de pontos/milhas cresceu 13,9%, atingindo um total de 286,6 bilhões.

O grupo varejo, serviços, bancos e indústria respondeu por 90,4% dos pontos originados, com o cartão de crédito mantendo a liderança como fonte de acúmulo de pontos. Os outros 9,6% vêm da compra de passagens aéreas.

De acordo com o levantamento, o principal destino nacional dos participantes dos programas é São Paulo, seguido por Rio de Janeiro e Brasília. Nas viagens internacionais, os bilhetes mais resgatados nos últimos três meses do nao passado foram para Miami, Orlando, Santiago, Lisboa e Buenos Aires. /Estadão Conteúdo