Publicado em

A comissão especial que analisará o mérito da reforma da Previdência foi instalada às 11h20 desta quinta-feira, 25. Ela está sendo presidida momentaneamente pelo deputado Mauro Lopes (MDB-MG) até que a eleição para o presidente de fato e para o relator da proposta seja realizada.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou a indicação do deputado Marcelo Ramos (PR-AM) para a presidência da comissão e o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) para ser o relator.

Logo no início da sessão, o deputado Ivan Valente (PSOL-SP) questionou a presença de Lopes na presidência do colegiado já que ele é suplente na comissão. Pelas regras, o parlamentar mais idoso e com mais mandatos é escolhido para dar início aos trabalhos. Valente, no entanto, afirmou que ele também deveria ser titular.

Lopes indeferiu a questão e continuou à frente dos trabalhos. "Considero que todos somos iguais, tanto titular quanto suplente, tem a mesma valia", disse.