Publicado em

SÃO PAULO (Reuters) - O relatório Focus, no qual o Banco Central consolida expectativas para a economia de mais de 100 instituições, indica um processo de ancoragem das expectativas para a meta de inflação em 2021, informou a autoridade monetária em comunicado nesta segunda-feira.

A mediana das expectativas de inflação para 2021 convergiu nesta última semana para 3,75 por cento segundo a avaliação de 33 participantes que atualizaram a Pesquisa Focus nos últimos cinco dias úteis, informou o BC.

"Esse resultado indica um processo de convergência para a meta para a inflação de 2021", disse o BC no comunicado.

Por outro lado, pelo critério geral a estimativa para o IPCA em 2021 segue sendo de 4 por cento, conforme mediana das 85 respostas divulgada nesta segunda-feira pelo BC.

Em junho, o Conselho Monetário Nacional fixou a meta de inflação para 2021 em 3,75 por cento pelo IPCA com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual, como "mais um passo para a obtenção, de forma sustentável, de taxas de inflação mais baixas na economia brasileira".

O CMN, formado pelos Ministérios da Fazenda e do Planejamento e pelo Banco Central, manteve na ocasião as metas já definidas anteriormente até 2020. O centro da meta de inflação para este ano é de 4,5 por cento, de 4,25 por cento para 2019 e de 4 por cento para 2020, todas com margem de 1,5 ponto.

 

(Por Iuri Dantas)