Tem prorrogação na final da Champions League?

Final de 2022 será no dia 28 de maio

Está chegando o dia da final da maior competição entre clubes da Europa. Dia 28 de maio, o continente conhecerá o mais novo campeão da Champions. Para isso, Real Madrid e Liverpool precisam se enfrentar em jogo único e, no caso de igualdade, a partida é levada para a prorrogação na final da Champions League.

Como funciona a prorrogação na final da Champions League

Na final da Champions League, os dois melhores times da competição se enfrentam em jogo único, sem direito a returno. A partida será realizada em um campo neutro, o que não privilegia nenhuma das equipes.

Esse ano, a partida final da Champions League será definida entre o Real Madrid e o Liverpool, no dia 28 de maio, a partir das 16h (horário de Brasília), no Stade de France, em Saint-Denis, na França. A estimativa é que a partida leve cerca de 80 mil torcedores para o campo.

A disputada segue o tempo regulamentar dos 90 minutos em campo. A prorrogação na final da Champions League só entra em cena se, após encerrar esse tempo, a partida permanecer empatada. Assim, o jogo é levado para dois tempos de 15 minutos, tendo um intervalo de cinco minutos entre um tempo e outro.

A ideia é que durante esses 30 minutos adicionais, alguma equipe saia vitoriosa marcando gol na final. Mas, caso isso não seja possível e o empate persistir, a partida é levada para os pênaltis.

Existe gol fora de casa da Champions?

Não. O gol fora de casa não é mais critério de desempate na final da Champions League. Até porque só há um jogo na decisão do campeonato, e ele ocorre em campo neutro para que nenhuma equipe seja beneficiada.

O gol fora de casa é um critério que tem mudado em todo o mundo, passando não mais a valer na maioria das competições de futebol. O critério foi revisto no intuito de deixar os jogos mais justos, sem estabelecer vantagens esportivas.

Assim, essa não é uma medida exclusiva à final da Champions League. A UEFA extinguiu o gol fora de casa da competição inteira, fazendo com que nem mesmo na fase eliminatória haja mais esse critério de desempate. Assim, se o time visitante faz gol na casa do adversário, o seu gol tem o mesmo valor daqueles feitos em partidas com seu mando de campo.

Como funciona o campeonato?

A Champions League, também chamada aqui no Brasil de Liga dos Campeões, é um dos torneios de futebol mais prestigiados no mundo. Atualmente, os grandes jogadores de vários países estão alocados nos times que a disputam, tornando a competição bem mais acirrada e trazendo olhares de todo o mundo para a competição.

Jogam no campeonato 32 equipes europeias, aquelas mais bem classificadas nos respectivos campeonatos nacionais. Os clubes são colocados em oito quadrangulares e, nessa primeira fase, se enfrentam em caráter de ida e volta.

Os oito primeiros colocados e os oitos segundos avançam para a fase da eliminatória, onde inicia-se o mata-mata entre as equipes até sobrarem apenas dois times para disputarem a final.

Quais jogos da Liga foram decididos nos pênaltis?

A final da Champions League já foi levada para a prorrogação 17 vezes na história, sendo decididas seis vezes no tempo extra da prorrogação e outras 11 vezes na disputa de pênaltis.

A primeira vez que isso ocorreu foi em 1958, quando o Real Madrid decidiu o campeonato na prorrogação, em partida contra o Milan, vencendo-o por 3×2.

Já a primeira final na história da Champions League que foi levada aos pênaltis foi Liverpool x Roma, em 1984. O jogo estava empatado por 1×1, mas, nos pênaltis, o Liverpool venceu por 4×2 e se consagrou tetracampeão da Champions League.

O interessante nessa cronologia toda é que são justamente esses dois times que irão se enfrentar na final do campeonato em 2022. Então, se houve prorrogação na final da Champions League, quem levará a melhor?

O Real Madrid, de fato, é o time com mais títulos no campeonato, o que deixa a disputa bem acirrada. São 13 títulos ao todo, onde três deles foram conquistados fora do tempo ‘normal’ de jogo, dois na prorrogação e um nos pênaltis.

Já o Liverpool tem seis títulos na sua história. O último conquistado foi em 2019, em uma final totalmente inglesa, onde jogou contra o Tottenham. Na história do Liverpool, dois títulos da Champions League foram decididos nos pênaltis, um em 1984 e o outro em 2005.

Veja quais foram as finais decididas durante a prorrogação na história da Champions:

1957/1958: Real Madrid x Milan
1967/1968: Manchester United x Benfica
1969/1970: Feyenoord x Celtic
1973/1974: Bayern de Munique x Atlético de Madrid
1991/1992: Barcelona x Sampdoria
2013/2014: Real Madrid x Atlético de Madrid

Veja quais finais da Champions foram decididas nos pênaltis:

1983/1984: Liverpool 1(4) x 1(2) Roma
1985/1986: Steaua Bucareste 0(2) x 2(0)Barcelona
1987/1988: PSV Eindhoven 0(6) x 0(5) Benfica
1990/1991: Estrela Vermelha 0(5) x 0(3) Olympique de Marselha
1995/1996: Juventus 1(4) x 1(2) Ajax
2000/2001: Bayern de Munique 1(5) x 1(4) Valencia
2002/2003: Milan 0(3) x 0(2) Juventus
2004/2005: Liverpool 3(3) x 3(2) Milan
2007/2008: Manchester United 1(6)x1(5) Chelsea
2011/2012: Chelsea 1(4)x1(3) Bayern de Munique
2015/2016: Real Madrid 1(5)x1(3) Atlético de Madrid

*Em destaque estão os times vencedores.

Você pode gostar também