Publicado em

O deputado federal Celso Russomanno (PRB) largou à frente na primeira pesquisa de intenção de votos para a prefeitura de São Paulo, com 22,4% das intenções de votos. Na sequência aparece o petista Fernando Haddad (14,6%) e Márcio França (PSB) que somou 13,1%, segundo pesquisa do Paraná Pesquisas divulgada ontem (8).

O deputado federal lidera em todos os cenários de pesquisa estimulada – aquela em que o entrevistador dá ao entrevistado opções de candidatos que poderiam concorrer pelo cargo. A eleição, que acontece no ano que vem, foi mapeada pelo instituto por meio de três cenários, cada um com concorrentes distintos. Em todos, o Russomanno é o mais citado como potencial candidato dos ouvidos.

No 1º cenário, Celso Russomano lidera com 22,4%, seguido pelo ex-prefeito Fernando Haddad (14,6%), o ex-governador Márcio França (13,1%) e o presidente da Fiesp Paulo Skaf (10,9%). Como a margem de erro é de três pontos percentuais, Haddad, França e Skaf estão tecnicamente empatados. O atual prefeito Bruno Covas aparece numericamente atrás, com 7,9%. Como, pela margem de erro, poderia chegar a 10,9%, também está tecnicamente empatado com Márcio França e Paulo Skaf, mas não com Haddad.

Sem Haddad na disputa, Russomanno tem o seu melhor desempenho, com 25,2%. Márcio França (15,5%) e Paulo Skaf (12%) aparecem empatados no segundo pelotão. Bruno Covas tem 8,8%, empatado na margem de erro com Skaf.

No último cenário, que inclui a deputada estadual Janaína Paschoal, Russomanno aparece com 22,1%. Ele é seguido por Haddad (14,7%), Márcio França (12,8%) e Paulo Skaf (10,2%), todos empatados na margem de erro. Janaína Paschoal aparece atrás, com 8,1%, empatada na margem de erro com Skaf e França. Ela aparece empatada com o atual prefeito Bruno Covas (7,4%).

Sobre o prefeito atual, a pesquisa revela que 56,7% dos ouvidos desaprovam a administração do atual prefeito .