Publicado em

O Banco da Reserva da África do Sul (SARB, na sigla em inglês) decidiu nesta quinta-feira manter a taxa básica de juros em 6,50% ao ano. A decisão foi apoiada por três membros do comitê de política monetária, enquanto dois votaram por um corte de 25 pontos-base neste mês.

O BC sul-africano revisou para baixo a expectativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 de 0,6% para 0,5%. Em 2020, a projeção foi reduzida de 1,5% a 1,4% e, em 2021, de 1,8% a 1,7%.

A projeção do SARB para o núcleo da inflação, por sua vez, foi cortada de 4,3% a 4,2% em 2019. Em 2020, a redução foi de 4,7% a 4,5%. Para 2021, contudo, continua em 4,6%.

"Neste ambiente persistentemente incerto, futuras decisões de política continuarão sendo altamente dependentes de dados, sensíveis ao equilíbrio de riscos para as perspectivas e buscarão observar choques temporários de preços", aponta o comunicado da decisão.