Publicado em

Da perspectiva de hoje, não se deve temer que a economia da Alemanha deslize para uma recessão, afirma o Bundesbank em seu relatório mensal. "A fase de fraqueza da conjuntura alemã vai prosseguir, presumivelmente, no último trimestre de 2019. Mas não vai se acentuar notavelmente."

Assim como em edições anteriores do documento, o banco central do país aponta a indústria exportadora como o principal fator pesando sobre o ritmo atividade. E, sob a ótica global, adverte: "Multiplicaram-se sinais de que a fase negativa da indústria esteja alcançando o setor de prestação de serviços."