Publicado em

A Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês) informou nesta segunda-feira que está realizando uma investigação aberta sobre as práticas de privacidade do Facebook após a divulgação de que dados de 50 milhões de usuários chegaram às mãos da consultoria política Cambridge Analytica.

A Reuters e outros meios de comunicação informaram na semana passada que a FTC está analisando se o Facebook violou um decreto de consentimento de 2011, que acertou com as autoridades sobre suas práticas de privacidade, disse à Reuters uma pessoa informada sobre o assunto.

"A FTC leva muito a sério as notícias recentes levantando preocupações substanciais sobre as práticas de privacidade do Facebook. Hoje, a FTC está confirmando que tem uma investigação aberta e não pública sobre essas práticas", disse Tom Pahl, diretor interino do Escritório de Proteção do Consumidor da FTC, em um comunicado.